Resenha | Namorado por acaso, de Aline Sant'Ana


Ei, ei, ei! Vem conhecer o melhor hot do ano!
Sinopse: Contra fatos, não há argumentos.
Prova 1: Despedidas de solteiro são a porta de entrada para o inferno.
Prova 2: Uma boa dose de esquecimento depois da farra complicou ainda mais a minha situação.
Prova 3: Uma vizinha de porta de hotel, linda e louca, viu e ouviu tudo o que eu fiz na noite anterior. E, acredite, eu fiz muita merda.
Resultado: Eu estava condenado.
Só que sou advogado, entende? E, assim que a linda vizinha me mostrou que acreditava piamente que eu era a pior espécie de homem que pisou na face da Terra, precisei fazer alguma coisa para que entendesse que nem tudo era o que parecia.
Verdades ditas e uma proposta mais tarde... Bem, acho que agora posso me apresentar.
Prazer, eu sou o Hugo De La Vega, e vou te mostrar como um mal-entendido pode se tornar as melhores férias de nossas vidas.

Eu já havia visto muitas indicações desse livro em um grupo sobre romances lá no facebook e até coloquei na lista TBR (to be read = a ser lido), sem data de quando realmente leria, mas a quarentena / distanciamento chegaram e se aliaram ao Kindle Unlimited e BAM: Olá, Hugo de La Vega.
Posso te deixar logo meu sentimento ao terminar o livro: Por que diabos eu demorei tanto para ler isso?
AVISO: Essa é uma resenha SEM SPOILERS.

Deus, esse é o momento em que você desce e me leva.

Hugo está em Cancún para o casamento do irmão. É um destination wedding, daqueles que duram dias, com muitos convidados e festejos todos os dias.
Victoria é uma consultora de viagens. Ela tem clientes por todo o mundo e são aqueles ricos que não se dão ao trabalho de pesquisar nada, querem tudo na mão. Então ela tem, de acordo com a Oprah, um dos melhores trabalhos do mundo.
Quase às vésperas do casamento, ele joga tudo para o alto com uma orgia e ela é sua vizinha de quarto no resort onde estão hospedados.
Na manhã seguinte, ele acorda e CADÊ AS ALIANÇAS? Ele não contava que sua "vizinha" tivesse em posse delas pois ele deixou cair na noite passada de tão bêbado que estava, mas ele vai conseguir as alianças do irmão e futura cunhada de volta tão facilmente? Nem tanto. Desentendimentos vem e tudo vira uma bola de neve na mão da Victoria, que tenta avisar a noiva das indiscrições do "noivo".
O que podemos fazer quando o nosso coração fala através de nossas ações?
Problema resolvido? Mais ou menos.
Victoria se vê convidada para o casamento e ainda tem uma questãozinha de que a ex-NOIVA de Hugo é organizadora do casamento do irmão e continua indo atrás dele, mas eles seguem a pretensão de que Victoria e Hugo são namorados e ela chegou de última hora para o casamento, mas... Atração é um negócio complicado, não é? E descobrem uma fácil camaradagem e que moram na mesma cidade: Nova Iorque! Quais as chances?
Parece até coisa do destino.
Mas os De La Vega são INTENSOS. Sangue espanhol mesmo e tão desgraçadamente bonitos e cheios de emoção. O casamento é lindo e lá mesmo a coisa começa a pegar fogo entre os dois.
Esse era exatamente o cara que eu me tornava quando estava com alguém. Pudor? Foda-se.
Pegação vai, eles começam a ficar no mesmo quarto, passeios juntos e... Será só um caso de viagem? Eles poderão manter o relacionamento de verdade na vida lá na cidade?
O beijo era uma preliminar, um convite. Uma proposta que dá vontade de responder nua.
De volta à vida "normal", eles têm que lidar com o tempo limitado: Victoria viaja muito a trabalho a ponto de ficar meses fora de casa, mas eles tentam e, querida leitora do céu, eu tenho dois avisos para te dar sobre esse livro:
- Você pode acabar precisando de várias trocas de calcinhas, porque a Aline SABE escrever um hot, viu? Eu tenho certeza que fiquei vermelha aqui dentro do meu próprio quarto lendo algumas cenas.
- Você TALVEZ precise de lencinhos porque as emoções são muitas!
Porque não quero ser uma escolha errada para você. Eu quero ser a escolha mais certa que você já fez na sua vida.
Entre a vida independente de Victoria e a paixão incendiária de Hugo, que está apaixonado, querendo fazer qualquer coisa pelo relacionamento, resta torcer muito pelo casal, porque é IMPOSSÍVEL você não se envolver com esses protagonistas.
Hugo é passional, intenso e um amante como há muito não lia em romances.
Victoria é aquela personagem que, com certeza, eu gostaria de ser amiga.
A autora Aline Sant´Ana já havia sido indicada para mim (Obrigada, Eduarda) de sua série anterior, também publicada pela Charme, mas não havia tido oportunidade de lê-la, mas que manterei atenção para futuros trabalhos.
Eu prometo que, quem se aventurar nesse livro, não vai se arrepender.
Eu quero uma regra de que, quando voltar para Nova York, será em meus braços que você sentirá que é o seu lar.

Namorado por acaso
Autora: Aline Sant´Ana
Editora: Charme
Lançamento: 30 de outubro de 2019
Páginas: 439 (Edição Kindle)
Compre na Amazon
Sobre a autora Aline Sant´Ana:
Aline é uma leitora assídua, apaixonada pelos romances que lê e personagens que cria. Acredita que através dos livros pode viajar e adora isso. Formada em Administração pela Universidade Católica de Pelotas, pressupõe que exatas é a sua área — realmente é — a não ser um lado do seu coração que sempre a levou para a literatura. Nas horas vagas, quando não está escrevendo, gosta de assistir séries, filmes e conversar com seus leitores através da internet. Acredita que a escrita é capaz de mudar pessoas e trabalha para que isso se torne realidade.
Renata Pamplona
PUBLICADO POR

"Lendo e resenhando muita coisa da cultura pop. Inevitavelmente Geek e apaixonada por mais personagens fictícios que pode contar." Contato: umapamplona@gmail.com

Copyright © Pausa Para um Capítulo. Designed by Everton As