Resenha | Branco Letal - Robert Galbraith


“-Agora ela não me deixa voltar. Mas você podia cavar. Você podia ir. Estrangulada, foi o que eles fizeram - disse Billy, fixando os olhos assombrados em Strike. - Mas Jimmy disse que era um menino. Estrangulado, pelo…”


Sinopse: "... Eu vi um garoto ser morto. Foi estrangulado em cima do cavalo."Quando Billy, um jovem problemático, vai à agência do detetive particular Cormoran Strike, procurando sua ajuda na investigação de um crime que ele pensa ter testemunhado quando criança, Strike fica profundamente aflito. Embora o rapaz tenha problemas mentais evidentes e não consiga se lembrar de muitos detalhes concretos, há algo de sincero nele e na história que conta. Mas, antes mesmo que Strike consiga interrogá-lo melhor, Billy foge de seu escritório em pânico.
Tentando chegar ao fundo da história de Billy, Strike e Robin Ellacott – antes sua secretária, agora uma sócia na agência – partem seguindo um rastro tortuoso que os leva pelas ruas do submundo de Londres, até um refúgio reservado dentro do Parlamento e a uma bela mansão, porém sinistra, no interior do país.
E durante essa investigação labiríntica, a própria vida de Strike não está nada fácil: graças à fama recente como detetive particular, ele não consegue mais agir nos bastidores, como antigamente. Além disso, sua relação com a antiga secretária carrega mais tensão do que no passado – Robin agora é inestimável para os negócios de Strike, mas o relacionamento pessoal deles dois é muito mais espinhoso que isso.
O mais épico dos romances de Robert Galbraith até então, Branco letal, além de um mistério cativante, é um novo episódio empolgante da história que vem rolando entre Cormoran Strike e Robin Ellacott.


“ Robert Galbraith criou um par de personagens que permanece em nossa cabeça depois de o livro ser fechado e que nos deixa muito ansiosos por um novo episódio.”

Moira Macdonald - Seattle Times


Não sei explicar o quão ansiosa estava para ler esse livro. O autor ou autora, a querida J.K Rowling demorou para escrever essa história, mas a espera vale a pena, como valeu. São quatros livros ao todo. Eu gosto de dizer que cada livro conta história de três pessoas. A do detetive Comoran Strike, de sua secretária Robin Elliot e por fim, o caso que ambos estão trabalhando. É interessante salientar, os livros são continuações de vidas dos personagens principais, então fica complicado ler aleatoriamente. Este livro que é o quarto, ele tem referência dos outros casos do detetive, e talvez você se perca nessas lembranças que o narrador conta. Então, sugiro que comece pelo primeiro livro: O Chamado do Cuco, excelentíssimo, vou ver se faço a resenha aqui, faz tempo que li. E vou reler os outros também: O Bicho da Seda e a Vocação para o Mal. O gênero literário de investigação, suspense,drama, romance...é o que mais me chama atenção no livro, tudo misturado. Totalmente bem escrito, humorado, inteligente e muito eficaz para conhecer a cidade de Londres como se fossemos moradores a muito tempo.


Os livros que citei acima. 



No livro Branco Letal temos uma história perturbadora, onde um rapaz conta ao detetive que viu uma criança ser morta, e quer ajuda dele. No entanto, temos um ponto negativo, o rapaz chamado Billy parece que não tem controle da realidade. Strike acredite que ele tem problemas mentais, e como ajudar um caso que poderia ser apenas uma ilusão de uma pessoa com problemas mentais? O detetive mesmo assim faz o possível em ajudá-lo. Mas, descrente da história contada por Billy. É perceptível que o Strike não acredita em Billy em vários capítulos do livro, porque ele tem outros dois casos para resolver, um é sobre adultério, acredito eu. E outro é de um político muito conhecido em Londres. O plano de fundo desse caso nos mostra o ano das Olimpíadas de Londres. Tem muito contexto político e muita manifestação feita por vários movimentos, à maioria muito revoltada e perigosa. 


Olimpíadas de Londres em 2012

Nessa questão de poder da mais alta classe para menor classe, temos o caso do político e o de Billy, as peças do quebra-cabeça começam a se encaixar. Muitas pesquisas,até querem se infiltrar no alto escalão da política londrina, e temos nossa querida Robin que faz um bom trabalho para obter informações dos filhos do político,e dos funcionários, quem está fazendo chantagem para ele? É a filha? O filho rebelde? A sua esposa? Os amigos do governo? 

Vemos aquela velha frase: “Dinheiro não traz felicidade.” Isso é verdade. Para quem tem tudo, e não tem amor do próprio marido, o amor do próprio pai… Muito difícil isso. Mas, o dinheiro fala mais alto. Até mesmo grita, berra. Nessa busca nesse caso temos reviravoltas, impaciência, brigas, traições. 

A cada pista revelada é um soco no estômago,e quando descobrimos o motivo, é tão vazio quanto a alma de quem faz o ato. Além das investigações que ocorrem ao longo do livro, tem a história pessoal do detetive e também da Robin. É muito interessante como todos os atos que eles fazem afetam sua vida profissional. Entender o espaço do outro é muito bom para uma boa amizade, é o que vemos em Strike e Robin, todavia eu vejo mais, nesse livro algo nos mostra sobre amizade deles.


Robin e Strike da série de TV

Interrogatórios são feitos...até um momento de saber de um assassinato dentro da casa do político. Quem o matou? A busca é rápida e muito perigosa. Até o momento de descobrir a verdade, não completa. Alguém vai pagar caro por isso, por descobrir o motivo do assassinato. É um dos momentos mais tenso no livro. Não se assustem com o volume do livro, é uma leitura rápida e muito boa.A história tem um bom final, tudo acaba de certo modo bem para todos os envolvidos. Outra ponto que gostaria de dizer é que existe a série de tv dessa obra da J.K Rowling feita pela BBC, baseado no primeiro livro O Chamado do Cuco. Não assisti ainda, mas tenho muita curiosidade de ver. Eu gosto sempre desvendar o título do livro, os três são simples, mas esse último foi muito difícil de saber. Quero muito ler os outros próximos livros da autora, e que não demore muito (risos). Fé no Pai que esse livro sai! Leiam essa obra espetacular. Até a próxima pessoal! 


Minha reação depois da leitura: 






Branco Letal
Autora: Robert Galbraith
Editora: Rocco
Lançamento: 2019
Modelo / páginas: Físico / 700
Andrea Machado
PUBLICADO POR

"Sou altruísta, um pouco louca ( do bem), tenho poucos amigos, adoro irritar as pessoas, meu humor é considerado “negro”. "

Copyright © Pausa Para um Capítulo. Designed by Everton As