Pausa Viu | As Panteras (2019)


A sequência que ninguém pediu, mas é a farofinha perfeita!
Sinopse: Sabina Wilson (Kristen Stewart), Jane Kano (Ella Balinska) e Elena Houghlin (Naomi Scott) embarcam numa perigosa missão global, a fim de impedir que um novo programa de energia se torne uma ameaça para humanidade.


Hello, Charlie!
Aqui ninguém é anjo do Charlie, mas deixa eu logo te avisar: se você não foi assistir o novo As Panteras porque ainda tem a antipatia de 2010 que não vai com a cara da Kristen Stewart... Bem, só lamento por você. A sequência de As Panteras é a farofinha girl power perfeita.

Quando foi anunciado, assim como vários reboots, a primeira pergunta é: Pra Quê?
Até eu perguntei, mas aí a frase da Elizabeth Banks, diretora e produtora do novo filme, me vem à cabeça: e os 37 filmes do Homem-Aranha? 
Então, querida coleguinha, deixe da sua cara virada com a Kristen, saia de 2010 achando que ela continua sob a péssima direção de Crepúsculo e vem! Não adianta só usar a camiseta de 39,90 daquela loja com o print de GRL PWR e não prestigiar o que está sendo feito por mulheres.


O filme é uma sequência de todo Universo (per se) de Charlie´s Angels: Séries e filmes da década passada. Agora, a agência Townsend ganhou o mundo. Há escritórios com vários Bosleys (não é só uma pessoa e sim um cargo, como de "gerente") e Panteras são treinadas e estão em missões constantemente. Na Califórnia há até uma espécie de escritório central, onde tem até centro de treinamento para futuras agentes e é lá que a história começa... Com a despedida para aposentadoria de um Bosley (Patrick Stewart) e conhecemos Sabina e Jane, duas panteras em missão no Brasil.

Os times (ou trios) de agentes não são como antigamente. Cada missão e cada lugar tês suas especificidades e Panteras designadas de acordo com suas competências e disponibilidades.
Do lado "vilão" temos alguém querendo roubar um novo tipo de gerador de energia de uma corporação de um bilionário bonitão (sempre é bonito, não é? Não podia ser um feio?) e Elena, uma das empregadas desse cara quer denunciar que o produto não está pronto para ganhar o mercado e tenta avisar o mundo pela agência Townsend, mas ela já está sendo seguida e logo tem gente atrás das Panteras, de um Bosley e dela própria.
O trio principal pertence à Kristen, Naomi Scott (que vimos lá em Alladin) e Ella (que eu nunca vi na vida) e assim como nos dois filmes passados, há muitas risadas, luta, as meninas se dando mal e se reerguendo. Ah, até cena de dancinha coreografada.
O trinfo do novo filme está em prometer que "A mulher pode fazer tudo" e, de fato, entregar muita ação e tempo na tela das mulheres se conhecendo, se unindo, se ajudando e se salvando.
Se você não conhece a série ou os outros filmes e também não é muito ligado em cultura pop norte-americana, devo te dizer que podes perder uns bons trocadilhos e piadinhas. E se prepare para ver MUITOS rostinhos conhecidos e ligação com as Panteras passadas.
Vá em uma hora despretensiosa e curta mais um filminho de ação com boas risadas. Afinal, se você, por acaso, já aturou oito filmes dos carros parados e calminhos, o que custa esse?



As Panteras
Direção: Elizabeth Banks
Produção: Elizabeth Banks, Elizabeth Cantillon
Estúdio: Sony Pictures
Lançamento: Novembro de 2019
Renata Pamplona
PUBLICADO POR

"Lendo e resenhando muita coisa da cultura pop. Inevitavelmente Geek e apaixonada por mais personagens fictícios que pode contar." Contato: umapamplona@gmail.com

Copyright © Pausa Para um Capítulo. Designed by Everton As