Resenha | O óbvio também precisa ser dito, de Guilherme Pintto


Elementar, meu caro Watson.

Sinopse: Estamos quase sempre ocupados com o desejo de não ficarmos tão ocupados no futuro. As plataformas às quais nos conectamos vendam nossos olhos: a atenção é o ouro do agora. O computador resolve “quase” tudo, os algoritmos estão sempre à nossa disposição, o tempo todo. Mas, e a nossa comunicação? O nosso tempo com o outro? O que entala? O que vai somando no inconsciente, trancando na garganta, fazendo o corpo ter dificuldade para digerir? Pais que dão presentes por não estarem presentes, jovens que vêm acreditando que a interação nas redes sociais é mais importante que exercer o afeto off-line, nós que vamos deixando passar, deixando de dizer, porque é menos uma coisa para lidar... O objetivo deste livro é falar do óbvio, como o próprio título já diz. Afinal, se fosse tão óbvio assim, que diabos estaríamos fazendo aqui?

O óbvio também precisa ser dito é aquele livro que a Carol e eu deixamos em um cantinho especial chamado Dignos de Biscoitos (Também conhecido como Biscoiteiros). Estão cheio de verdades óbvias escritas da maneira que a gente acha que foi escrito só pra gente. Ah, aquela velha mania de achar quer somos são especiais e únicos, que ninguém mais sente o que a gente sente e ó... Todo mundo no mesmo barco.


Sobre amores, amizades, inimizades, azedices e doçuras, você e o outro, o óbvio me tocou e pode te tocar também.
Eu nunca tinha lido nada do Guilherme, apesar de ter ouvido muito bem do autor pela Carol e pelo Kall, mas adorei. Marquei com os marcadores de plástico, tracei com lápis, marquei páginas e trechos com canetas neón e todo o bambambam que só aqueles livros te fazem SENTIR e que você vai querer abrir de vez em quando, querendo uma resposta para um impasse (ou até algo louco e bom demais acontecer).
O impacto em mim foi tanto que gravei dois vídeos narrando trechos dele (aqui e aqui) e, com certeza, vou gravar mais. Desculpa, Guilherme e Planeta, ter me apossado das suas palavras, mas em minha defesa.... quem mandou me fazer sentir tanto?


Devore o óbvio, o comum e abrace a si mesmo com esse livro. 



O óbvio também precisa ser dito
Autor: Guilherme Pintto
Editora: Planeta
Lançamento: Maio de 2019
Páginas: 192
Compre na Amazon em ebook ou físico
Sobre Guilherme Pintto:
Gaúcho de Jaguarão, autor do best-seller Seja o amor da sua vida. Compartilha suas idéias no youtube , propagando amor na internet e nos palcos do Brasil afora.
Renata Pamplona
PUBLICADO POR

"Lendo e resenhando muita coisa da cultura pop. Inevitavelmente Geek e apaixonada por mais personagens fictícios que pode contar."

Copyright © Pausa Para um Capítulo. Designed by Everton As