[Resenha]: Nada Escapa a Lady Whistledown - Trinta e Seis Cartões de Amor (Julia Quinn)

“ - Eu amo você, Susannah. Amo a sua força, amo a sua beleza. Amo o seu coração bondoso, amo a sua sabedoria. Amo a sua coragem e....”

Sinopse: Julia Quinn encanta… A alta sociedade está em polvorosa, afinal a debutante mais promissora da temporada foi rejeitada por seu pretendente… apenas para ser conquistada em seguida pelo charmoso irmão mais velho do canalha que não a quis.


Cartas de Amor <3 

Awnnnnnnn!!!!!! Que história linda. Fofa e amorosa. Nossa autora Julia Quinn sempre nos surpreendendo. Essa época de escrever cartas é tão bela e bate um saudosismo. Quem dera eu receber de meu futuro marido ou até mesmo um pretende, cartas de amor, principalmente se for 36 cartas. Venha mergulhar no amor de uma debutante rejeita e o conquistador charmoso que é irmão mais velho do canalha que não a quis. 

Quem já foi a rejeitada ou rejeitado por alguém levanta mão?! Sinto que várias pessoas. Mas, imagine que está sendo cortejada por homem que está quase pedindo a você em casamento e de repente, ele não a quer mais. Isso é chato e traumático. Esta história de Susannah, foi rejeitada e agora teme não se casar mais. Claro que ela cortejada por outros homens, mas ser deixada de lado por homem que ela “amava”, isso deixa cicatrizes e medo de acontecer de novo.

Em um evento na cidade de Londres, ela está longe das pessoas, está chorosa. Até que um homem bem elegante lhe entrega um lenço para enxugar as lágrimas. Quando ela o olha pensa no quão é bonito e charmoso. Fica animada por ter encontrado ele. Nome dele é David, ele é irmão do Clive, o canalha que deixou Susannah para trás. Ela não imaginava isso, ter uma relação com David, porque ela acredita que a rejeição também pode acontecer por parte do irmão de Clive.

Mas, não é isso que David pensa de Susannah, uma moça linda e amorosa. Ele mostra bem isso para ela:
“ Precisou de apenas três longos passos para alcançá-la. Em um movimento ao mesmo tempo surpreendente e sensual, ele a puxou para si.”


LOVE

Digo a vocês que é uma linda história de amor, e vocês sabem leitoras que alguns homens tentam mostrar ou demonstrar o amor deles por nós mulheres. É isso que David faz com as 36 cartas. Qual mulher não se sentiria amada por esse belo gesto de amor, hein?! No meu caso, meu coração pulou tanto de emoção nessa cena. Gosto de cartas. Escrever cartas faz com que as pessoas tirem um tempo para sentar, pensar e escrever, ou seja há uma dedicação. Leiam! Como esta é última história do livro, finalizo com uma grande emoção e respeito por essas autoras e esse projeto de leitura fantástica. Até a próxima! 

Eu lendo o livro.



Trinta e Seis Cartões de Amor
Autor(a): Julia Quinn
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2018
Livro físico: 320 páginas
Compre na Amazon
Julia Quinn
Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons. Também são presença constante nas listas de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 29 idiomas.
Andrea Machado
PUBLICADO POR

"Sou altruísta, um pouco louca ( do bem), tenho poucos amigos, adoro irritar as pessoas, meu humor é considerado “negro”. "

Copyright © Pausa Para um Capítulo. Designed by Everton As