Sexta Geek: Rainhas Geek, de Jen Wilde


Superação de término de namoro, conquistas pessoais, amor e amizade na maior convenção de cultura pop do mundo!

Sinopse: Charlie é youtuber, atriz, bissexual. E uma das atrações principais da Supa con, a convenção de cultura pop mais famosa do mundo. Essa é a sua chance de mostrar aos fãs que superou seu término público com o ex-namorado - e co-estrela do seu último filme - Reese Ryan. O reencontro de Charlie e Reese deixa o clima pesado, mas quando a it girl Alyssa Huntington aparece como convidada surpresa no evento, o que Charlie pensava ser apenas um crush de internet se mostra muito real. Melhor amiga de Charlie, Taylor quer ser invisível. Seu cérebro parece estar programado para funcionar de maneira diferente das outras pessoas e ela gosta de rotina e estabilidade. A única mudança que ela quer em sua vida é no status de amizade com Jamie, o que ela sabe que nunca acontecerá. Mas, ao ouvir sobre um concurso de cosplay de seu fandom favorito, Taylor começa a repensar até onde vai seu medo de se destacar.

Bem, eu vou logo adiantando que estou absolutamente e irrevogavelmente apaixonada por esse livro!
Quando a Planeta anunciou que ia publicar eu já marquei a Carol na publicação dando gritinhos e AI QUE DELÍCIA de surpresa foi ter um livro legal como resultado. Foi meu primeiro contato com a autora e já virei fã.
Antes de mais nada, aviso que a sinopse diz e não diz muita coisa. Os fatos estão lá, mas não necessariamente entrelaçados como parecem. A Alyssa é convidada, mas não surpresa. O Reese é o embuste surpresa. Jamie e Taylor.... bem, eu já vou chegar lá.
Mas mesmo assim sorrio. E aceno. E finjo que não demorei meses para reunir um milhão de pedaços do meu coração...
Digo que o livro é narrado entre a Charlie e a Taylor, que são amigas há muito tempo de colégio, mas suas personalidades são bem diferentes. A amizade das duas (ok, dos três, o Jamie é fofo) é muito gostosinha de acompanhar.
Estamos todos horríveis. Que tipos de amigos a gente seria se exigisse que você mostrasse só sua beleza? Isso aqui não é o Instagram. É a vida real.
Charlie é adolescente, mas já é estrela no youtube e está decolando em sua carreira como atriz, alavancada por um filme apocalíptico indie lá na Austrália. Ela vê na Supacon (Alô, SDCC) uma oportunidade de mostrar para os fãs loucos dos ships (Oi, eu) que ela superou o término com o Reese. Aliás, ô embustesinho, viu? 
Infelizmente o estúdio acha uma boa idéia eles fingirem que estão juntos para promover o filme, mas Charlie não topa. O cara é insuportável. E ela ainda conhece Alyssa, outra youtuber que virou atriz, e começa a achar que o crush que ela tinha na Alyssa talvez seja recíproco... Aí é uma bola de neve nos dias de evento que você vai ter que ler para descobrir.
Todas as vezes que imaginei esse momento se unem em um beijo espetacular.
Vamos falar da Taylor? Minha bebêzinha fanzona que nem eu, gente como a gente, que ama um fandom e tem um crush no BFF Jamie, mas que NUNCA que ela vai colocar a perder essa amizade porque o cara é gato e ela não se acha lá essas coisas (baixa auto-estima é um problema real), além de ter problemas com ansiedade e outros transtornos mentais.
Tudo está fora do lugar. Estou implodindo, me contorcendo como aço sobre o fogo. Comprimindo. Encolhendo. Desmoronando. Sufocando com lágrimas e palavras que quero dizer e não posso.
Entre lidar com crushes, ex-chatos, vazamento de informações, fantasmas do passado, DRs, um concurso de cosplay, fandom por todos os lados... tudo acaba em beijo e festa. AMÉM? AMÉM.
Bagunça não é ruim. Desde que tenha alguém para dividi-la com você.
A Jen conseguiu nos jogar dezenas de referências da cultura pop, representatividade (Charlie é bissexual e descendente de asiáticos, Alyssa é lésbica e negra, Taylor é acima do peso, com um visual fora dos padrões, personagens com ansiedade, autismo e Síndrome de Asperger), falar de machismo na indústria do entretenimento, de se sentir fora da caixinha e mesmo assim conseguir achar sua tribo. Eu estou absolutamente apaixonada pelo livro! Não consegui largar quando comecei a ler. 
Se você já se sentiu um peixe fora d´água e acha que sempre vai se sentir assim, dá uma chance para achar nessas páginas o seu rumo, sua tribo e a você mesmo.
Aqui meu esquisito é normal. Meu esquisito é acolhido, aceito e esperado. 



Rainhas Geek
Autor(a): Jen Wilde
Editora: Planeta
Ano: 2018
Livro físico:256 páginas
Compre na Amazon
JEN WILDE
Jen Wilde é escritora, geek e fangirl com certo vício em café, livros e pugs. Ela escreve histórias de zumbis, bruxas e nerds. Sua série de estreia alcançou mais de três milhões de leituras on-line e se tornou um best-seller da Amazon.Quando ela não está escrevendo, Jen adora assistir Netflix, comer pizza, viajar para lugares distantes e ir à convenções fazendo cosplay de Marty McFly.
Renata Pamplona
PUBLICADO POR

"Lendo e resenhando muita coisa da cultura pop. Inevitavelmente Geek e apaixonada por mais personagens fictícios que pode contar."

Copyright © Pausa Para um Capítulo. Designed by Everton As