Pausa viu: 50 tons de liberdade (2018)


A melhor forma de fechar a trilogia!


Sinopse: Superados os principais problemas, Anastasia (Dakota Johnson) e Christian (Jamie Dornan) agora têm amor, intimidade, dinheiro, sexo, relacionamento estável e um promissor futuro. A vida, no entanto, ainda reserva surpresas para os dois e fantasmas do passado como Jack Hyde (Eric Johnson) e Elena Lincoln (Kim Basinger) voltam a impedir a paz do casal. Adaptação da última parte da trilogia de E. L. James iniciada em Cinquenta Tons de Cinza (2015).
Finalmente chegamos ao tão esperado desfecho da franquia 50 tons. O terceiro e ultimo filme, chega com a promessa de ser mais sensual e envolvente, com uma pegada de suspense. Porém não é bem assim.

De todos os filmes da franquia, 50 tons de liberdade é o que menos vamos ver as cenas de sexo tão explicitas, focando principalmente no cotidiano e dia - a - dia de casados dos dois, sempre buscando intercalar com cenas de um suspense um pouco maior.

Ana e Christian partindo para a Lua de mel.
Como seus antecessores, o filme é um tanto corrido e com algumas cenas com um corte desnecessário, porém o longa buscou ao máximo trazer as cenas fielmente ao livro, deixando tudo um pouco mais interessante.

Um ponto forte são os closes dado pelo diretor, em cenas fundamentais do longa. Que acabou dando um ar de suspense um pouco mair. Dessa vez a paleta de cores de todo o filme é bem quente e alegre, deixando tudo mais bonito e agradável para o público.

Ana pronta no quarto de jogos
Um ponto alto do filme, é que finalmente os secundários da trama tiveram voz! Adorei ver o Elliot finalmente com um diálogo completo, no lugar de ficar o filme todo mascando chiclete. O Taylor que nos livros, principalmente em Grey e Mais Escuro ( versões do Christian da história) tem um papel fundamental de conselheiro e muitas das vezes amigo do Christian, não estava sendo aproveitado nos outros filmes. teve um diálogo completo (Aleluia!) e entre outros que foram muitas vezes só enfeite na cena.

Agora eu tenho que tirar o chapel para Eric Johnson, ele foi um Jack Hyde muito mais convincente nesse filme do que em 50 tons mais escuros. Ele consegue ser sedutor, tanto para Ana quanto para o telespectador, isso vai te prender nas cenas que ele aparece. Algumas delas que não estão no livro, porém fizeram sentido no filme.

Eric em cena como Jack Hyde
No geral é um filme leve, onde você vai se pegar dando altas risadas. Aquele bom e velho filme que não se leva a sério e é ótimo para reunir aquelas melhores amigas e se divertir! 

Ahhh dica da colunista, fique até depois dos créditos. Tem surpresa ;)

Trailer:


Data de lançamento 8 de fevereiro de 2018 (1h 46min)
Direção: James Foley
Elenco: Dakota Johnson, Jamie Dornan, Eric Johnson mais
Gêneros Erótico, Drama, Romance
Distribuidor: Universal Pictures
Nacionalidade EUA
Classificação: 4/5









Copyright © Pausa Para um Capítulo. Designed by Everton As