21 novembro 2017

[Resenha]: Como se casar com um marquês - Julia Quinn


“- Está sentindo? - sussurrou ele, pousando a mão dela sobre seu coração. - Está batendo por você. E isso? - voltou a perguntar, levando a mesma mão aos lábios dele. - Sou eu respirando por você. E meus olhos...enxergam por você. Minhas pernas caminham por você. Minha voz fala por você, e meus braços…”
“-Meus abraços - continuou James, a voz agora rouca de emoção. - Eles necessitam de você.”



Sinopse: Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa.Então, quando encontra o livro Como se casar com um marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e leva para casa.Incentivada por uma das irmãs, Elizabeth decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual.É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro nome na sua lista de suspeitos é justamente... Elizabeth Hotchkiss.Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a conseguir um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada.Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.

“Julia Quinn é nossa Jane Austen contemporânea.” – Jill Barnett



                                                 Awnnnn!!!! Quero ler de novo.

Ah! Como eu amo livros de romance de época! O que falar desse livro que é um amorzinho! É humor puro e simples de ler e entender. Que belo é ver uma história bem escrita. Muitos suspiros apaixonados. Vamos para resenha, antes que eu comece com meus devaneios pelo marquês e  a Elizabeth.

A história começa com uma moça chamada Elizabeth, para os íntimos Lizzie, bem íntimos....Contudo, ela cuida dos seus irmãos, os pais já morreram, porém não deixaram dinheiro suficiente para viverem.Então, ela trabalha para uma senhora como dama de companhia. Lady Danbury, que a senhora mais engraçada que já conheci em questão de personagens de uma história. O senso de humor é grande, mas é sempre irônica com a Elizabeth, no entanto, a mesma leva tudo na brincadeira. Elizabeth precisa de dinheiro para fins domésticos e para a educação do irmão e das irmãs. Mas, para casar só estão dispostos alguns cavalheiros “velhos”, e os irmãos não querem isso para ela.




Um belo dia ela vai até a biblioteca da Lady Danbury, e vê um livro chamado: Como se casar com um marquês. Ela acha aquilo uma loucura. Não está tão desesperada assim, está?! Ela pega o livro e guarda em sua bolsa. Quando ela sai da casa após o fim do seu expediente, ela dá de encontro com James. James é sobrinho da Lady Danbury,ele veio ajudá-la em um problema, no caso é uma chantagem que estão fazendo com a tia dele. James trabalhou no governo londrino em questão de espionagem, no exército. Porém, ele vem disfarçado, pois ele é conhecido nas redondezas da pequena cidade, no qual viveu boa parte da vida. A tia e ele guardam esse segredo.

Quando Elizabeth deixa sua bolsa cair, o livro está exposto, e pega-o rápido para esconder. Para ela era um escândalo. James fica muito curioso, por causa do livro.

James é visto por todos na casa como o novo administrador de Lady Danbury. Só que nós sabemos que não é isso. No decorrer do livro, tem muita aventura com Elizabeth e James. Até que chega no ponto que ele descobre que ela quer se casar, não necessariamente precisa ser um marquês. Ele fica triste, porque está começando a gostar dela. Então, ele a ensina como conquistar um cavalheiro. Ele ri muito do livro, porque tudo está errado sobre os homens, e foi uma mulher que escreveu, então é o ponto de vista dela. As aulas de James começam  com autodefesa, sim, as damas realmente precisam se defender de certos “cavalheiros”.

“ Quase sem que qualquer um dos dois tivesse tempo para se preparar,Elizabeth moveu o braço para trás e lançou-o para a frente. Antes que James tivesse qualquer ideia do que estava acontecendo, se viu derrubado no chão, com o supercílio direito latejando.”“_ Consegui! Consegui de verdade! Você viu? Você viu?_ Não,mas senti - resmungou ele.”

E com essas aulas quem não fica mais próximo,não é mesmo?! Ainda tem aula do beijo. Só para rir desse casal. Enfim, James até desconfia de Elizabeth que esteja chantageando a tia, mas ele leva uma bronca da mesma, dizendo que Elizabeth é para ela como uma filha. E é impressionante a lealdade e a obediência dela para com a Lady Danbury, e James enxergar isso. E cada dia os dois mais próximos, e Elizabeth gosta muito de James, mas não poderia casar com ele, pois é um simples administrador. E ela precisa de dinheiro, e isso sempre foi colado para ambos. Todavia, eu sei, vocês sabem, nós sabemos e todo mundo sabe, menos os personagens do livro, é claro, que James é um marquês. Ele tenta de várias formas conquistar Elizabeth para si. Dizendo que tudo vai dá certo. Após,uma viagem para Londres, James procura achar uma solução tanto para o seu relacionamento com Elizabeth e para o problema de sua tia. Nem tudo é uma mar de rosas. Ele volta para casa da tia com o intuito de casar-se com Elizabeth e contar a verdade primeiro, é óbvio. E para o inferno o problema da tia. Desculpe o termo.


          Elizabeth & James

Continuando a história, quando James chega a casa de sua tia, está acontecendo uma festa e tem vários convidados...principalmente Elizabeth. Ele a leva para o jardim para uma “conversa” será que vocês me entende! Tudo acontece nesse dia. Não vou contar, é spoiler. Porém, Elizabeth descobre a verdade,e fica muito triste tanto com James e com Lady Danbury por terem mentido para ela. E agora, como fica o casal?! Para deixar bem claro, eu amei o final. E o epílogo é S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L!!!! Ri horrores!!!!

Vocês sabem que esse livro é volume dois da série Agentes da Coroa?! Não tem problema nenhum, vocês lerem aleatoriamente. Os personagens do primeiro são citados, mas não é algo que seja necessário ler o primeiro volume. Mas, eu já fiz a resenha desse livro e está aqui no blog.

É muito interessante como a Julia Quinn escreve os seus romances, tem muito humor, mas tem um drama que deixam vocês tristes e pensativos, é tão incrível como tudo se encaixa cada parte da história. A linguagem e a escrita é excelente. Quero ler mais livros dela. Por favor leiam esse livro, vocês vão rir muito. E amar um casal tão lindo e cheio de aventuras. Até a próxima!

Depois da leitura.






Título: Como se casar com um marquês
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Ano: 2017 
Onde comprar: Amazon

 Classificação:
  



Julia Quinn: Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons.
É formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas. Foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Writers of America’s Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico.