19 setembro 2017

[Resenha]: Como agarrar uma herdeira - Julia Quinn


“ Blake inclinou o corpo para a frente e roçou os lábios nos dela com muita delicadeza, no mais suave dos beijos. Não era como se quisesse beijá-la.Precisava beijá-la. Precisava fazer isso do mesmo modo que precisava de ar, de água e do sol da tarde no rosto. O beijo foi quase espiritual, o corpo inteiro dele tremeu apenas com o mais leve toque dos lábios dos dois.”





Título: Como agarrar uma herdeira ( Agentes da coroa livro 1)
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 321
Ano: 2017
Onde comprar: Amazon
Sinopse: Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake ­Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou.Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso.A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação que o desarma completamente.

“Uma história encantadora que lhe proporcionará uma leitura agradável e bons sonhos.” – RT Book Reviews


zimmer_mit_aussicht.jpg

hi.lá.rio ( adjetivo). É algo engraçado. Que produz risos.
É a ideia da história para os leitores rirem do ínicio até o fim.
- Do dicionário pessoal de Andrea Machado


Todos já sabem que eu adoro ler livros de romance de época. Então, acomodam- se para deliciar  esta resenha desse livro maravilhoso e bem humorado.

No começo de cada capítulo tem um significado de uma palavra, mas com o entendimento de Caroline Trent, o dicionário pessoal. Então, eu coloquei a palavra que mais significa para mim durante a leitura. A história começa quando Caroline foge da casa onde vivia, pois quase foi “estuprada” pelo filho do seu tutor. Ela dá um tiro no rapaz, mas ele sobrevive. E por incrível que pareça, ele a ajuda  fugir. Porém, quando ela sai da casa e já está à noite, alguém a derruba no chão, é o agente Blake. Ele estava espionando a casa para pegar a espiã Carlotta De Leon. Ele não a conhece. E nem sabe nada sobre Caroline.

Com tudo, quando Blake leva Caroline, e jura de pé junto que é a espiã espanhola, coloca a pobre moça trancada em um quarto. Caroline não fala a verdade, porque não quer voltar para casa onde está o seu tutor do mal,então ela assente que é Carlotta. Tudo piora. Porque o Blake pensa que ela é a espiã, então ele tenta tirar informações dela.
Caroline irrita a garganta que fica “muda” por um certo período, essa parte é engraçada. É uma loucura entre esses dois, é briga para lá e para cá. A Caroline é uma das personagens mais engraçadas do livro.

Blake acaba descobrindo que Caroline não é quem diz ser, pois um outro agente chamado James Revidale vai até a casa dele para ajudar nessa “missão”. Vocês precisam ver a cara do Blake quando ele descobre a verdade. A história fica mais interessante, Caroline faz de tudo para não ir embora até completar 21 anos e pegar sua herança. Ela começa arrumar o jardim, que está o horrível. Mas, Blake não gosta.

“Blake começou a olhar ao redor do jardim, a cabeça virando depressa de um lado para outro enquanto tentava avaliar o estrago._ Vou ter que chamar um especialista em Londres para reparar o desastre que você causou. Santo Deus, mulher, você vai me custar um maldita fortuna!
Ela também, arruma os livros da biblioteca, já é um desastre. Ela acaba torcendo o pé. Como ela contou sobre o tutor e suas atividades ilícitas para os agentes, eles pretendem entrar na casa para pegar provas sobre o que ele está fazendo com o dinheiro que não é dele. É uma loucura! Caroline que ir, mas Blake não deixa. Ela vai, porque ela esquece de falar dos hábitos noturnos do mordomo. Vão os dois primeiros, e depois ela. Ela ajuda muito. Mas, é muito engraçado, quase são pegos pelo tutor dela.

Tem amor envolvido sim. Blake começa a gostar de Caroline, porém não quer abrir seu coração, porque ele teve uma perda muito grande no passado. Vocês precisam ler para saber o que é. E a Caroline, gosta dele, mas pensa que ele não gosta dela. É um casal entre tapas e beijos, são lindos juntos.

Tem uma cena da irmã do Blake. Ninguém pode saber que Caroline mora com ele, senão o tutor vai atrás dela. Quando a irmã dele vai passar alguns dias na casa dele,  Caroline inventa ser outra pessoa, e acaba dormindo no banheiro do quarto de Blake. É genial! É tudo bem humorado. E outra, os empregados de Blake preferem a Caroline do que o próprio patrão, pode uma coisa dessa?!

Rose-in-Marie-Antoinette-rose-byrne-6770584-442-500.jpg


Eu poderia escrever muito mais, contar as cenas lindas, algumas tristes, porém isso seria tudo spoiler. Então, eu deixo vocês lerem para que conheçam os personagens e riem como se não houvesse amanhã. Eu gostei muito do final, todavia tem uma cena que me deixou muito assustada, que nunca imaginaria dentro de uma história tão bem humorada. Eu amei os personagens, o mordomo de Blake, o James, a irmã de Blake...a Caroline. Aprendi muito com esse livro. Ri horrores. Espero que gostem também. Até a próxima!


                                           Eu depois de ter lido esse livro.
21br96o.gif