18 setembro 2017

Pausa viu: It - A coisa (2017)


mzeu7oelwacm0pn1vkvm.gif


Gente! Que filmaço. Vem flutuar você também!  



Para mim, era o filme mais esperado. Porque, eu li o livro, tem resenha dele aqui no blog. E eu assisti o primeiro filme da década de 90. É fantástico. Nesse novo filme é bem mais explorado as cenas do livro, ao contrário do primeiro filme. Claro, que tem algumas mudanças. Mas, não são ruins. Eu gostei muito do elenco das crianças. O palhaço dá medo.


Ouvi muitas pessoas falarem que o filme não “dá medo”. Cada um tem sua opinião. O que realmente dá medo é o próprio livro, como o Stephen King consegue escrever uma história com riquezas de detalhes e usando o terror como base estrutural?! Acredito que não seja apenas o palhaço que assusta, mas atitudes e ações humanas. Vocês vão ver muito isso no filme. O bullying é abordado.A autoridade dos pais.


Eu fiquei com medo, admito. Mas, tem cenas que são aterrorizantes. E toda vez que o Pennywise aparece ou antes de aparecer, toca uma música estranha. É como você esperasse uma entrada triunfante dele. Ele me assustou várias vezes.
Vamos falar do Pennywise neste parágrafo. A interpretação é genial. Porque, ele zombava das crianças. Eu não posso contar muito senão vai ser spoiler, mas ele fazendo isso é engraçado, que chegar a ser medonho. A maquiagem é perfeita, o sorriso...bem assustador. O palhaço adora dar uns sustos nas pessoas, principalmente nas crianças. Não posso esquecer dos milhões de dentes dele, quando ele abre a boca para…..Tem que assistir para saber. Tirando toda aquela maquiagem...tem um belo rapaz, o ator que interpretou o palhaço.

it_clown_2017_scares_kids_1000-920x584.jpg
Sem palavras!


A primeira impressão do começo do filme foi que seria muito assustador, porque quando tem a cena do George conversando com o palhaço, e depois ocorre  a morte do menino, eu pensei que não iriam mostrar a parte detalhada da morte dele. Mas, mostram. Eu fiquei surpresa e assustada. É uma das cenas mais fortes para mim, por não esperar ver essa cena. E no livro é dita com tantos aspectos característicos da morte, que chega ser terrível.
Outro ponto, quando a Bev vê o banheiro totalmente cheio de sangue, é a cena do livro, claro que algumas mudanças ali outras aqui, mas foi do jeito que imaginei.


Vamos falar do elenco das crianças. É onde está o humor de toda história, os personagens. Obviamente que tem o terror envolvido sim. Porém, eles são engraçados, as situações de como se conhecem também, quase na verdade. Vocês vão perceber isso ao assistirem o filme. Por exemplo, o ator Finn Wolfhard que interpreta o personagem Richie Tozier, ele é super engraçado. Esse humor dá uma leveza no filme, porque não fica algo tão suspenso e o horror todo tempo. Acredito que nas partes das cenas engraçadas, as pessoas criticaram dizendo que o filme não assusta. Mas, até no livro tem o senso de humor, e por quê no filme não pode ter?!


                                                   
As crianças.

Enfim, quero dizer que  adorei o filme. Não posso contar muito, senão vai sair cada spoiler...hihihi! Essa foi a primeira parte do filme, quando é contado quando são crianças, vai ter a parte dois com certeza para os personagens adultos. Ao contrário do primeiro filme de 1990 que conta a parte tanto da época das crianças e depois como adultos. Uma dica, para quem tem fobia de palhaço,não assista. Ele aparece o tempo todo (tem intervalos), então você vai ficar basicamente o filme todo de olhos fechados. Então, assistam uma obra prima do terror de Stephen King para uma cinematografia esplendorosa e de arrepiar.  Até a próxima!


   Todos nós flutuamos aqui!

UXiWMW2.gif