14 agosto 2017

[Resenha]: Desejo Proibido - Sophie Jackson

“ O olhar dele se voltou para ela. Sua boca, contraída, formava uma linha fina, quase desafiando-o a enfrentá-la. O jogo começou. Os olhos dele passearam preguiçosamente pelo corpo dela. Curvas em todos os lugares certos, com uma bunda que ficaria espetacular com as mãos dele em cima. Ele deu um sorrisinho com aquele pensamento.”





Título: Desejo Proibido
Autor: Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Páginas: 416
Ano: 2015
Onde comprar: Amazon.

Sinopse: Primeiro livro de uma trilogia, Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado.Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois.Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas.

“Bem escrito e viciante. Impossível parar de ler.” – The Romance Cover  


“ Kat não conseguia tirar os olhos da nova aquisição de sua turma. Ele era uma colírio, com seus cabelos raspados, ombros largos e fortes, barba de uns dois dias por fazer e pernas compridas que não cabiam debaixo da carteira,mas seu comportamento era agressivo. Havia uma aura de perigo em torno dele que gritava Não se aproxime. Ela notou um pedacinho de uma tatuagem preta espiando por debaixo da gola de seu macacão, subindo pela nuca. "


O amor é feito de paixões
E quando perde a razão
Não sabe quem vai machucar
Quem ama nunca sente medo
De contar os seus segredos
Sinônimo de amor é amar





Que livro,leitores e leitoras. Ah, que história M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A!!!!!!!  Vocês já sabem o meu sentimento, muito amor.E nada melhor que descrevê-lo com um trecho da música do Zé Ramalho, que faz alusão a história de Kat e Carter. Chega de palavras, vamos ao que interessa.

O começo da história é o pesadelo de Kat quando perdeu seu pai em uma briga, na verdade um grupo de homens o espancaram, ela tinha 11 anos ( eu acho) quando presenciou toda aquela cena. Mas, ela correu bem longe, ao pedido do seu pai, a pobrezinha tão atordoada não queria deixá-lo, então um garoto tira a Kat daquele local, até ficarem seguros. O pai dela morreu. Kat, tem esses pesadelos constantes, para ela não é fácil, ainda quando começa a dar aulas em uma penitenciária. Homens, que mataram seu pai, são tipos que estão na penitenciária, Arthur Kill. Muita coragem dela,viu!

Kat é formada em literatura inglesa, então começa a dar aulas para os presos mais rebeldes. Eles são bem engraçados. Falam bastante palavrões. Mas, são rapazes comportados, às vezes. Em uma aula, o preso mais rebelde, entra juntamente com o diretor do presídio. As aulas ajudam no comportamento dos presos, e na questão de sair da prisão. O nome do homão,é Carter. Ele é lindo. Vou explicar algo muito interessante sobre a narrativa da história. É em terceira pessoa, mas com o olhar dos protagonistas. Quando a Kat descreve o Carter, é ela que fala, não é o ponto de vista do narrador, é o dela. O mesmo vale para o Carter. Ou seja, vocês devem confiar no que ela diz. E ele também. Às vezes vai intercalando cada capítulo, por exemplo no capítulo 1 é a Kat, no capítulo 2 é Carter, e assim vai.Entenderam?! Não fica confuso. A história é bem construída.

O Carter acaba discutindo com um preso, no primeiro dia de aula. Então, ele é afastado. Kat descobre que as aulas ajudariam-o a antecipar a liberdade condicional dele. Ela tem a brilhante ideia, de dar aulas particulares para ele. ( Hummmmm! Sei.) No ponto de vista dela, quer ajudar o Carter. Ele demora para aceitar,mas concorda. E é neste momento que ele descobre sobre Kat, que tudo iria mudar o quê ele pensa dela. Não vou contar. Sem spoilers. Calma! É algo bom.

Com essas aulas particulares, eles acabam ficando mais próximos. De um modo, amizade. Por enquanto. Carter acaba saindo da cadeia, mas continua com suas aulas particulares com Kat em uma biblioteca pública. No primeiro dia, ele já chega atrasado. Kat fica chateada.Porém, ela dá a aula para ele. Uma curiosidade, Carter adora biscoitos Oreo, isso faz parte do decorrer da história.


tumblr_o14lftvOZc1tzv1dpo1_500.gif


“ Fascinada,Kat ficou observando a língua dele lamber para cima, para baixo e em volta. Como é que comer um biscoito podia ser tão sensual, meu Deus? Ela pigarreou e empurrou o trabalho de Carter em direção a ele. Ele juntou novamente os biscoitos sem recheio e os colocou com cuidado em um guardanapo.”

1 (7).gif




A mãe da Kat não suporta a ideia de sua filha dando aula em presídio, e também para Carter. Ela acredita que todos são iguais, que nunca vão mudar. Porém, isso faz com que ambas tem uma péssima relação de mãe e filha. A mãe, é casada com um outro homem que é super compreensivo com Kat. A Kat tem amigos que apoiam e não apoiam a decisão dela de dar aulas para presos.

Na história, o que é mais interessante é que você é o leitor, mas nem sempre sabe de tudo, apenas os personagens,com desenvolvimento da história, nós descobrimos os segredos deles. É muito legal isso. É uma  leitura muito envolvente. É viciante. Digo de antemão, tem cenas “calientes”, porém demora para chegar nelas. Eu gostei muito disso. Isso mostra que o sexo não é ponto crucial da história. Vocês conhecem os personagens, as suas histórias, alguns segredos, e depois constroem cada um diante do enredo.

Tem algumas discussões, brigas familiares...de amizades. Enfim, já era previsto que Carter e Kat se apaixonem, mas não será fácil para esse casal enfrentar as pessoas que não aceitam o relacionamento deles. Eu gosto nesse livro é que quando casal briga, não fica uma semana, um mês, um ano ou uma década, com raiva um do outro. Este casal é diferente. Kat e Carter conseguem resolver os seus problemas, mesmo que seja quase impossível para ambos. O amor que um sente pelo outro é maior que todos os problemas do mundo(bem clichê), mas é mostrado na história. Tão lindo!

Como já sabem, cada um tem segredos, basta não ter medo e confiar  no outro. No caso do Carter, vocês vão entender por quê ele foi para cadeia, e que o cara tem dinheiro de sobra para dar e vender. Isso faz parte da história do seu passado.E que ele é muito inteligente. A Kat começa a compreender a mãe, a partir de uma história que sua avó conta para ela.

Eu nunca li uma história que no plano de fundo abordasse temas tão fascinantes, o presídio, drogas ilícitas, sofrimento a partir de uma morte, a instabilidade na relação de mãe e filha, o amor de um pai e uma filha, e um amor que resgata a essência da humildade humana para com outro. Então, leiam essa história linda e incrível. Tem muitas cenas engraçadas, outras tristes, mas vale a pena ler. Eu acho que chorei no final. Fiquei muita satisfeita pela leitura. E adoro o estilo do Carter e da Kat, ele é rockeiro, e ela de clássica a uma rockeira.É isso,até a próxima resenha.




Eu!                                                









Sobre a autora:




Sophie Jackson é uma professora do noroeste da Inglaterra que adora ler, assistir a filmes e é assumidamente fã de quadrinhos. Ela gosta de praticar exercícios, mas só porque adora comer e beber vinho. Desejo proibido é seu primeiro romance – o volume 1 de uma trilogia que já foi vendida para diversos países, entre eles Alemanha, Espanha, Estados Unidos, França, Itália e Turquia.