23 junho 2017

#Sexta Geek: TBR com "Artemis", de Andy Weir


Oi, jovens! Essa #SextaGeek é especial. Já coloquei aqui resenha e listas, mas agora tem mais novidade: A #TBRGeek. Nessa tag eu vou colocar alguns livros que ainda serão lançados e farão qualquer geek (ou nerd, a expressão que você preferir) desejar.

O primeiro livro para essa #TBRGeek é do Andy Weir, que já lançou o famoso "Perdido em Marte", livro que ficou mais de 40 semanas na lista de bestseller do jornal The New York Times e ganhou adaptação para o cinema estrelando o fofo Matt Damon. Ah, FOCO! O futuro livro? "Artemis" e será lançado em Novembro de 2017!
O que já sei do livro? Dá uma lida na sinopse oficial:


Jazz Bashara é uma criminal.

Bem, mais ou menos. A vida em Artemis, a primeira e única cidade na Lua, é difícil se você não é um turista rico ou um bilionário excêntrico. Então tráfico de contrabando algumas vezes nem conta, não é? Não quando você tem dívidas para pagar e seu emprego mal banca o aluguel.
Tudo muda quando Jazz vê a oportunidade de cometer o crime perfeito, com uma recompensa lucrativa demais para deixar passar, mas fazer o impossível é apenas o começo dos problemas de Jazz quando ela aprende que entrou em uma conspiração pelo controle de Artemis e agora sua única chance é apostar em um negócio mais arriscado do que o primeiro proposto.
Detalhe, no site do Andy você pode ler o primeiro capítulo inteiro e eu já li! Minhas considerações?
- Como o capítulo está em inglês, não dá para você saber que "Jazz" é mulher. Muitas expressões não têm gênero na língua e eu já comecei na primeira página me indagando "MELDELS! POR QUE OUTRO HOMEM PERDIDO?" e tive a ótima surpresa de saber que Jazz é uma mulher. Mulher, contrabandista, com poucas relações afetivas (até o final do primeiro capítulo).
- O primeiro livro do Andy, Perdido em Marte, foca muito na parte de biologia e como o personagem vai se virar em Marte, um planeta inóspito. Em Artemis já temos uma cidade estabelecida na Lua e décadas a frente ao que vivemos agora. Posso supor que haverão muitas descrições perfeitas para os fãs de sci-fi.
- Ação e politicagem? Terá e MUITA.
- Romance? Aqui não. Aliás, Andy passa longe disso. O foco são pessoas e desafios individuais. O que agrega no caminho (amores, casos, afins) são detalhes.
Para quem tá com o inglês legal ou quer se testar, dá uma lida no primeiro capítulo AQUI. Sério! Eu já estou contando os dias para o lançamento em ebook pro Kindle! Aliás, vai dar uma olhada na Amazon!
Ah, como eu cheguei nesse excerto liberado? Eu estava stalkeando o Andy no twitter porque sou dessas.

Até a próxima #SextaGeek e Jazz, já te venero!