15 junho 2017

Pausa viu: Tudo e todas as coisas (2017)


Aí gente! Eu poderia começar esse post com vários corações, sério! Saí super apaixonada desse filme. sabe com o coração aquecido? E principalmente com a sensação de dever cumprido.


Nada melhor do que passar o feriado no cinema não é?! Minha expectativa estava a mil, então não quis esperar mais alguns dias para ver "Tudo e todas as coisas" no cinema. Do mesmo estúdio de "Como eu era antes de você", conta a história de Maddy (Amanda Stemberg) que desde pequena é portadora de "Imunodeficiência  Combinada Grave", onde simplesmente não pode entrar em contato com nada nem ninguém se não pode acarretar na sua morte.

 

Então ele vive meio que em "prisão domiciliar", não entrando em contato com ninguém além da mãe, enfermeira e a filha dessa enfermeira.

Mas tudo muda com a chegada de Olly (Nick Robinson) para a casa ao lado. Aí meu povo, o coração shipador não perde a oportunidade kkk.


Eles são aquele típico casal adolescente descobrindo o primeiro amor, mas sem deixar muito meloso, na medida certa. Fora que o casal tem uma química ótima!

Óbvio que teve algumas mudanças em relação ao livro, mas não modificaram nada a essência da história. Principalmente a forma de diálogo do casal que na maioria das vezes no livro é por meio de mensagem (poderia deixar um pouco cansativo no filme) foi abordado de uma maneira muito interessante e criativa.

Bom gente, não vou me prolonga, se não é muito spoiler kkk. Porém leiam o livro (tem resenha aqui), e vá ver o filme! Merece muito, mas muito mesmo o valor o ingresso.

Algumas observações:
  •  O Nick vai fazer o Simon na adaptação de "Simon vs A agenda Homosapiens";
  • E a Amanda fez "Jogos vorazes".