15 maio 2017

Resenha: O garoto que tinha asas - Raiza Varella




O amor faz isso com as pessoas, faz com que elas ajam de uma maneira que não agiriam normalmente, faz elas desafiarem o impossível; é o que faço todos os dias: desafio o impossível, isso é ficar cada vez mais maluca.
Livro: O Garoto que tinha Asas
Autor (a): Raiza Varella
Gênero: Romance
Páginas: 408
Ano: 2016
Adquira na Amazon

Sinopse: Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O Garoto dos Olhos Azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencourt, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato. Mas o destino parecia pensar diferente, em uma madrugada fria ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há muito tempo não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém até que, em meio aos destroços, ela vê alguém correr em sua direção, um garoto que ela poderia jurar ter asas. Embora Augusto esteja muito longe de se parecer com um anjo, ele acaba por salvar a sua vida. Pela primeira vez, o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos os seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e de quebra, quem sabe, se apaixonar. Em O Garoto que tinha Asas vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera.






Resenha: 

 Eu sempre quis amor e para mim felicidade é encontrar alguém que o devolva.


Bem pessoal, a resenha de hoje vai ser direta e sem delongas, vou tentar expor aqui tudo o que achei e senti sobre esse livro. Espero que gostem!!
" O garoto que tinha asas" não é bem uma continuação do primeiro livro " O garoto dos olhos azuis", mas sim a história do "Monstro" ou melhor do Augusto,irmão mais velho e rabugento da Babi.
 Augusto nunca foi um cara romântico, a palavra "amor" lhe causa repulsa, nunca pensou em cuidar e proteger alguém que não fosse parte de sua família, mas isso muda quando ele encontra com ela, a "garota sem nome", uma garota misteriosa mas que está em constante fuga do perigo que a persegue.garota essa, que nunca soube a segurança de um lar e muito menos o que é ter um.
 Quando menos esperava, o caminho de Augusto se cruza com o dessa garota, e ao presenciar um acidente onde a garota era a principal vitima, ele faz uma promessa sem ser dar conta de onde estava se metendo.
 A garota sem nome, logo apos seu carro bater se depara com alguém vindo em sua direção e lhe fazendo uma promessa, pra ela ele era um anjo,ele era o seu garoto que tinha asas, mas ele era muito diferente de um anjo,ele era um monstro...


Ele tinha asas grandes o suficiente para me esconderem, para salvarem a minha vida e isso bastou para que eu ao menos conseguisse respirar novamente.

 Bom gente o que achei desse livro? Maravilhoso? Irreal? Incrível?Sim, foi isso e muito mais.
Já tinha me apaixonado pela autora desde que li "O garoto dos olhos azuis", me senti fascinada com a forma dela descrever seus personagens e a forma a qual eles se expressavam.
 Mesmo não sendo um livro sobre a Babi e o Ian, podemos ver nosso primeiro casal muito presente nesse livro, principalmente porque eles são de total importância pra ajudar o nosso Monstro, vemos como a vida deles seguiu e matamos a saudades das loucuras da Barbara e da Malibu.

  A Raiza nesse livro te faz ter emoções conflituosas, ela te faz rir, chorar em determinados momentos, amar o Augusto, odiar o Augusto, ter compaixão e ao mesmo tempo raiva da garota sem nome, tudo ao mesmo tempo, o que me fez amar mais ainda.
 Quem acompanha minhas resenhas sabe que sou apaixonada por um belo drama certo? e com O garoto que tinha asas não podia ser diferente. Amei, amei e amei. Fico muito feliz por termos uma autora tão boa em nosso país (não desmerecendo as outras hein! Todas são fantásticas). A escrita da autora é muito madura, o que me levou a compara-la com autoras internacionais que eu sou apaixonada, quando li O garoto dos olhos azuis pensei "Caramba ela é muito boa, preciso já do segundo livro", e imaginem qual foi minha felicidade ao saber que ela tinha enviado o segundo pra gente? Soltei fogos de artifício claro!!

Porque com ele eu mergulho em qualquer vida nova sem medo...
 Por isso, se vocês gostam de livro com uma pitada de suspende, mistérios, lágrimas e muitas risadas, recomendo os livros da Raiza, e digo pra vocês que esta pessoa aqui está louquinha de vontade de conhecer a história dos outros personagens...
 Bom é isso, não quis me delongar falando muito do livro pois não ia conseguir falar sem soltar um big spoiler (spoiler esse que me segurei aqui pra não falar ), portanto leiam, vocês vão se apaixonar por esse 'Monstro' que teve sua vida virada de cabeça pra baixo, que teve todos os seus conceitos mudados por uma garota que tinha medo de confiar, mas que confiou nele pra cuidar de seu maior bem, e irão se apaixonar também por essa garota, que mesmo destruída, mesmo sem confiar, aprendeu o que é ter uma família e o que é ser amada e se apaixonarão ainda mais por essa família de doidos mas de coração enorme...


Não há nada como ser beijada por uma Fera e abrir os olhos para encontrar um lindo príncipe nos olhando de volta,principalmente quando,ao invés de serem contemplados com uma valsa, vocês são contemplados por uma salva de palmas de uma família, maluca, esquisita e perfeita.
Minha família maluca, esquisita e perfeita.

E irão ver que por trás desse jeitão de ogro, por trás do 'Monstro' existe sim O Garoto que tinha Asas...



- Quer dizer que não vou mentir pra você, eu não posso te prometer amor, muito menos uma eternidade. - Fecho os olhos para que ele não os veja umedecerem, e tento dar mais um passo para trás, mas ele ainda segura meu rosto e o levanta, fazendo com que eu o olhe.
- Mas eu quero mais do que tudo ser o cara que tem asas, porque vocês são muito mais do que a família que salvei, vocês são a família que eu quis salvar e principalmente a família que eu quero desesperadamente pra mim.