14 maio 2017

Resenha: O garoto dos olhos azuis - Raiza Varella

"Tudo que eu mais desejei estava bem à minha frente e eu não conseguia alcançar. Se fosse em outra época, em outra vida, talvez pudéssemos começar uma história, mas a minha vida já tinha muitos 'era uma vez' para eu conseguir chegar em um 'felizes para sempre' sem deixar meu coração em pedaços no caminho."

Romance
352 Páginas
Cortesia: Autora
Autora: Raiza Varella
Editora: Pandorga

Sinopse: Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.



      Resenha:

O livro conta a história de Barbara, que desde muito pequena o seu maior sonho era se casar com tudo o que tinha direito. Porém quando finalmente  iria realizar esse sonho começa a dar tudo errado na sua vida, chegando ao ponto de ser deixada no altar e trocada pela sua melhor amiga (mui amiga!) e companheira de apartamento.

Sem saber muito o que fazer da vida, Barbara resolve fazer o que faz de melhor fugir, é isso mesmo, todos sabem muito bem que quando a "coisa aperta" para o lado dela, ela foge com a desculpa de "recomeçar".
"Aqui vai um segredo sobre mim: tenho uma hábil experiência em fugir de tudo e de qualquer coisa com uma eficiência impressionante. Não é preciso que me magoem duas vezes para eu aprender a lição..."
Mas para onde ir depois de tudo? Não tinha mais casa, não queria mais voltar para o emprego e encontrar a sua "amiga". Resolveu então voltar para a casa dos pais, ou melhor da avó e para as lembranças do seu garoto de olhos azuis.
"E também tem o garoto de olhos azuis ... Ele foi o maior culpado por tudo ter dado tão errado na minha vida. e também por te dado tão certo."
Mas sim! E quem seria esse tão misterioso garoto de olhos azuis? Em um certo verão ainda na adolescência Barbara foi visitar a avó em Garopaba interior de Santa Catarina, onde ela morava e estava um pouco doente.

Em um noite Babi resolveu sair para um luau na praia com algumas amigas, onde ela acabou se vendo ter que enfrentar uma garota que se achava a melhor que todos (nível Regina George kkkk), que ainda por cima estava ressentida pois um dos irmãos da Babi tinha terminado com ela.

Ela xingou e humilhou a Barbara de todas as formas possíveis, e ainda para finalizar toda situação a empurrou dentro d'água, a garota chorava tanto com todos rindo da cara dela, até que seus olhos fixaram em um par de olhos azuis mais lindo que tinha visto, ele a fitava irritado com toda a situação e a tirou imediatamente da água. 
"Alguns garotos se contorciam de tanto rir, mais meus olhos pararam em um garoto, o único que não ria, na verdade ele aprecia irritado..."
 O garoto a consolou e deu a ela um buquê de rosas brancas, logo depois a beijou, indo embora, e nunca mais se encontraram. Barbara cresceu procurando em todos os garotos o rosto do seu garoto, mais nunca o encontrou.

Mudou de cidade logo que se formou no ensino médio e encontrou o seu tão odiado ex-noivo.
- Não escuta o que ela falou. Eu sei que algum dia alguém vai notar você. – Então ele abriu o sorriso mais lindo que eu já tinha visto, o que me fez lembrar daquele noivo de muitos anos atrás, mas o sorriso daquele rapaz não chegava nem aos pés do meu garoto dos olhos azuis.
Ela já estava em uma fase tão depressiva depois do fiasco do casamento, ninguém mais aguentava ver ela daquela maneira. Seus irmãos a convidaram para ela morar com eles e uns amigos, logo de cara ela recusou imaginando como seria morar com quatro homens, mais acabou cedendo.

Foi em meio dessa mudança que ela conheceu o médico Ian, um dos melhores amigos do seu irmã Augusto. De início a convivência não foi muito fácil, foi sim bem desastrosa. mas com o tempo aquela implicância toda foi se tornando em amizade e logo depois em uma paixão arrebatadora que eles não podiam mais evitar.

Quando finalmente se resolvem, uma nova revelação que irá mudar completamente a vida de Barbara faz com que ela decida, se quer ou não carregar Ian para essa decisão tão importante da sua vida.

Como venho falando em vários post, esse livro foi simplesmente uma surpresa muito agradável de 2015, se tornando um dos melhores que eu já li até agora. A Raiza conseguiu fazer uma narrativa super engraçada, repleta de romance, com pitadas de drama e um pouco de suspense.

A autora entrou facilmente na lista das minhas autoras preferidas. Você consegue sentir um certa influencia de outras autoras, que por sinal eu acho ótimo! Consegui sentir um pouco de Colleen Hoover, EL James e Carina Rissi.

Eu fui simplesmente fisgada, e levada para esse mundo dos "Garotos" da Raiza que não vejo a hora de ler o próximo, e depois o próximo e o próximo ...