08 março 2017

[RESENHA] It Ends With Us - Colleen Hoover

– Não existe essa coisa de pessoas ruins. Somos todos apenas pessoas que as vezes fazem coisas ruins.
Título: It Ends With Us
Autora: Colleen Hoover
Capa comum: 384 páginas
Editora: Atria Books
Ano: 2016
Idioma: Inglês

Compre aqui: Amazon
Sinopse: Às vezes, a pessoa que ama você é a que mais te machuca.Lily nem sempre teve uma vida fácil, mas isso nunca a impediu de trabalhar duro para ter a vida que queria. Ela percorreu um longo caminho desde a pequena cidade no Maine, onde cresceu – terminou a faculdade, mudou-se para Boston, e começou seu próprio negócio. Então, quando ela se encanta por um lindo neurocirurgião chamado Ryle Kincaid, tudo na vida de Lily de repente parece quase bom demais para ser verdade.Ryle é assertivo, teimoso, talvez até um pouco arrogante. Ele também é sensível, brilhante, e tem uma queda enorme por Lily. E não fica nada mal de uniforme. Lily não consegue tirá-lo de sua cabeça. Mas a aversão completa de Ryle aos relacionamentos é preocupante. Mesmo enquanto Lily torna-se a exceção à sua regra de “não namoro”, é impossível não se perguntar o que o faz pensar assim em primeiro lugar.Conforme as perguntas sobre seu novo relacionamento começam a sufocá-la, assim como a vívida lembrança de Atlas Corrigan – seu primeiro amor e o link para o passado. Ele era sua alma gêmea, seu protetor. Quando Atlas de repente reaparece, tudo que Lily construiu com Ryle está ameaçado.


Oi gente! Como hoje é dia Internacional da Mulher, eu precisava de uma resenha que mostrasse uma protagonista forte e que seja também um sinal de alerta para todas nós. Eu vim relutando falar sobre esse livro por vários meses, mas por várias vezes ele estava lá, falando “Conte a minha história!” E eu acho que chegou a hora dele.


It Ends With Us é sem dúvidas o livro mais maduro escrito pela Colleen Hoover e talvez o mais importante. Antes de tudo, vou tentar falar sobre ele sem muitos spoilers, porque a sinopse não condiz em nada com o livro! Ele não fala de um triangulo amoroso e muito menos de um príncipe encantado que vai salvar a mocinha. Aqui a mocinha que vai salvar a si mesma.


Se tiver uma palavra que defina qual foi o meu papel nesse livro foi de trouxa! Você vai ficar com raiva de si mesma por ter entrado nesse jogo e vai perceber não só a Lily saiu machucada de tudo isso, mas você também!

O livro começa nos apresentando Lily, uma mulher inteligente, independente e decidida que acaba de perder seu pai. Ela está em terraço refletindo sobre tudo o que está acontecendo na sua vida, e se depara com Ryle Kincaid um médico neurocirurgião, que acaba de perder um paciente e está meio a um ataque de fúria. A química dos dois é surpreendente desde sempre, mas a ambição profissional dele o impede que esse relacionamento siga em frente.

"Talvez o amor não seja algo que vem no formato de um ciclo completo. Ele apenas flutua, pra dentro e pra fora, assim como as pessoas entrando e saindo das nossas vidas."
Como em todo romance, podemos imaginar que Lily e Ryle engatam um relacionamento e seguem o curso natural das coisas tendo os seus “felizes para sempre”. Só que nesse livro não, é ai que tudo começa e eu termino de contar a história! Kkk.

O que vocês precisam saber, é que essa história não é sobre um casal! É sobre uma mulher forte e batalhadora que vê tudo o que abominou durante toda a sua vida, acontecer com ela. E na maioria das vezes ela acaba aceitando uma situação ou duas, ou três onde ela jurou que nunca passaria por isso.
"– Isso para aqui. Comigo e com você. Isso termina com a gente."
Com personagens incrivelmente construídos, ele tem uma história fenomenal por trás dele. O forte desse livro também são os personagens secundários que formam uma base de apoio para a Lily enorme e muito forte. Eu não vou cansar de falar o quanto Lily é importante nessa história! Ela é a representação de tudo que uma mulher deve ser e mais. 

It Ends With Us é muito honesto e visceral. Vai ser cada soco no estômago que você vai ter que parar e respirar em algum momento. Acima de tudo é uma história real que vai te levar a questionar os seus próprios conceitos.


Se eu pudesse pegar cada leitora que chegasse comigo “Carol, me indica um livro!”, ou se alguém me perguntasse sobre um livro que toda a mulher deveria ler, seria esse sem dúvidas! Não pensaria nem duas vezes!

Ah! Antes que eu esqueça, não deixe de ler a carta da Colleen no final do livro! Ela é tão importante, ou mais que todo o livro! Mas leia no final viu! ;)