16 março 2017

Eu vi: A Bela e a Fera


Título: A Bela e a Fera (2017) 
(Beauty and the Beast)
País: EUA
Classificação: 10 anos
Estreia: 16 de Março de 2017
Duração: 134 min.
Direção: Bill Condon
Roteiro: Stephen Chbosky
Elenco: Emma Watson , Luke Evans , Dan Stevens , Ewan McGregor , Ian McKellen , Kevin Kline
Sinopse: Versão da Disney com atores, dirigida por Bill Condon (Crepúsculo). Um mercador falido e com dívidas, dá a filha como garantia a seu credor, uma Fera. Vivendo enclausurada com a Fera, Bela começa a desenvolver um carinho pelo monstro.




Oi gente, tudo bem? Aqui estou eu, em plena madrugada de quarta/quinta (16/03), porque não resisti e acabei de sair da pré- estréia de "A Bela e a Fera" aqui em Belém. O que posso adiantar é, que filme emocionante! Que filme lindo de ser ver, vou já contar para vocês o porque.


A Bela e a Fera é um clássico da Disney de 1991, e acho que não preciso me aprofundar sobre o enrredo da história, mas sim em cada lição que ele nos mostra do começo ao fim. Esse foi um filme muito esperado por mim, confesso. E posso dizer que valeu apena a espera.


Com cerca de 45 minutos a mais que a animação, podemos conhecer um pouco mais sobre o passado de Bela (Emma Watson) e como ocorreu a transformação da Fera ( Dan Steves) e de seus funcionarios. Porém nada de novo que apagasse o brilho da animação, onde podemos ouvir em muitas vezes as falas bem precisas.

Sem contar com 4 novas músicas que se encaixaram tão perfeitamente na história que deu um toque á mais em tudo. Agora vamos combinar que quem rouba a cena são os personagens secundários, principalmente LeFou (Josh Gad) o fiel escudeiro de Gaston (Luke Evans). Gente sério! Que personagem maravilhoso, eu ria de gargalhar na sessão. O humor também foi um ponto forte no filme, sem perder a mão e no tom certo.

Gostei muito da forma como tocaram em pontos bem atuais como, o que é ser diferente? Principalmente por uma bela que era julgada, dia a pós dia por querer "algo mais" que vida que levava na vila, ou mesmo na opção sexual de LeFou, que foi abordado de uma forma bem sultil, mas muito bem feito de qualquer maneira. 


Porém algumas partes não me agradaram muito em relação aos efeitos, principalmente sobre a Fera, que eu não sei como explicar, mas acho que faltou um "algo mais". Esse é um filme muito emocionante (o que foi aquele final heim! Disney abraçando o drama com força! Gosto assim!) e feito expecialmente para fãs, tudo muito fiel. Sempre fazendo relação a animação ou ao musical da Broadway. Posso garantir que, não vejo a hora de ver de novo! ;)