08 fevereiro 2017

Cena extra "Talvez um dia" - Collee Hoover ( Dia dos namorados) Tradução: Ugly Love BR

Essa foto linda é do blog Vidas e Letras
Oi Gente tudo bem! Pense em um surto quando descobri que a CoHo fez uma cena extra de "Talvez um Dia". Eu definitivamente depois dessa cena preciso de mais Ridge  e Sydney! 

Confira abaixo a cena traduzida pelo Ugly Lobe BR e você pode ver aqui o post que a fan page fez sobre a cena. 


Maybe Someday - Dia dos Namorados

Sydney
Eu deslizo meu polegar da minha orelha para o meu queixo. "Assim?"
Ridge sorri, mas ele está balançando a cabeça para me avisar que fiz errado. Ele pressiona seu cotovelo sobre o travesseiro e se ergue um pouco. Ele pega minha mão e segura o meu polegar enquanto estica meu dedo indicador. Então o pressiona em minha orelha e o desliza sobre meu maxilar em direção à minha boca. "Assim," ele diz.
Eu faço o sinal para surdos novamente e ele acena. "Perfeito," ele diz.
Eu deito de novo sobre meu travesseiro e sorrio para ele. É a segunda vez que passo a noite com ele. A terceira noite que passamos juntos desde a reunião no show na semana passada. Ainda é surreal. Com o modo como as coisas terminaram com nossa amizade há alguns meses atrás, eu honestamente pensei que nunca chegaríamos a esse ponto. Havia muita culpa entre nós dois e sabíamos que precisávamos de espaço... e tempo.
Agora estamos aqui. Juntos. E isso é... tudo.
Quanto mais eu fico perto de Ridge, mais eu me descubro querendo entender cada parte dele. Cada parte de sua vida. Eu já aprendi mais de 100 novos sinais só nesta semana. Acho que estamos tão desesperados em sermos capazes de nos comunicar sem nenhuma barreira, que aprender a falar a linguagem um do outro é a única coisa que nós dois queremos fazer quando estamos juntos. Bem, na maioria das vezes. Temos a tendência de querer fazer outras coisas ocasionalmente. Nós nos distraímos muito.
"Minha vez," ele diz. Ele ainda luta para falar em voz alta, então eu o deixo fazê-lo em seu próprio tempo. Mas eu amo o quão ansioso ele fica para deixar perfeito o que já é mais do que perfeito para mim. Ele sinaliza enquanto fala em voz alta. "O som que o gato faz." "Meow?" Ele acena e pressiona seus dedos contra sua garganta, assim ele pode sentir sua voz. "Me...oh?" Eu balanço minha cabeça. "A primeira parte soa como..." Eu sinalizo a palavra Me. "Me?" ele diz alto.
Eu sorrio. "Melhor," sinalizo.
Eu aceno. "A segunda parte..." Eu levanto minha mão para descobrir como sinalizar a segunda parte. Eu nem mesmo consigo pensar em como explicá-la, então sinalizo as letras Y, O e W. Posso afirmar pela sua expressão que ele não esperava uma ou mais letras como aquelas. "Parece com Y?" ele pergunta. Eu aceno e sinalizo Y-O-W enquanto ele fala as letras. Ele levanta sua mão e pressiona sua palma quente contra minha garganta. "De novo." Eu falo lentamente enquanto pronuncio. "Mee...yow." "Mee... yow," ele repete. "Meow," ele diz com facilidade. "Perfeito."
Ele começa a sinalizar várias coisas sem falar, mas eu perco o fio da meada após as primeiras poucas palavras. Isso exige um grande esforço do meu cérebro para acompanhar a rápida velocidade em que ele costuma sinalizar, mas ao mesmo tempo, ele luta para falar as palavras em voz alta e não usar sua voz se for em uma frase longa. Ele pega seu telefone, digita algo para mim e vira a tela em minha direção.
Ridge: Por que a palavra Meow algumas vezes também é usada para descrever alguma coisa sexy? A palavra faz um som sexy quando é dita em voz alta?
Eu rio um pouco e então aceno uma vez enquanto movo meu olhar para ele.
"Muito."
Suas sobrancelhas se levantam com sua expressão divertida. Ele coloca o telefone sobre o colchão atrás dele e se aproxima de mim. Exatamente quando ele se inclina para me beijar, ele sussurra, "Meow."
Eu imediatamente solto um suspiro. Tenho certeza de que esse foi o "meow" mais sexy que já passou pelos lábios de uma pessoa.
Seus dedos deslizam pelo meu cabelo e seus lábios quentes estão separando os meus. Eu recebo seu beijo com ansiedade enquanto seguro seu braço e o puxo em minha direção. Eu sempre o quero mais perto, até mesmo quando ele está dentro de mim e é o mais perto que podemos ficar fisicamente.
Ele começa a deslizar sobre mim e eu ouço seu telefone cair no chão. Eu não me preocupo em lhe dizer que ele o derrubou da cama. Não acho que iremos precisar dele durante as próximas horas.