05 novembro 2016

[Resenha]: A Sombra do passado - Sylvain Reynard




A Sombra do Passado (The Shadow)
Noites em Florença, livro 2
Sylvain Reynard
Editora Arqueiro
Sinopse: O príncipe-vampiro de Raven Wood voltou, empenhando o seu amor e prometendo justiça para todos os que fizeram mal a ela. Como consequência da união deles, Raven é confrontada com uma terrível decisão: permitir com que o príncipe se vingue contra os demônios de seu passado, ou persuadi-lo a desistir. Mas há muito mais em jogo do que o coração de Raven.Uma sombra caiu sobre a cidade de Florença. O inspector Batelli não vai descansar até que descobrir a conexão de Raven com o roubo da arte de valor inestimável da Galeria Uffizi. E enquanto o príncipe caça um traidor que o sabota a cada passo, ele se torna o alvo do inimigo mortal dos vampiros. Como ele trava uma guerra em duas frentes, ele vai precisar manter seu amor por Raven em segredo, ou o ariscar expor sua maior fraqueza.

        Resenha

Sabe um livro esperado por meses, e quando ele está em mãos foi devorado em menos de um dia?! Pois é assim foi com "A Sombra do passado", desde o final de "A transformação de Raven" em que simplesmente o autor deixou aquele suspense nos ar, fiquei deseperada para saber qual decisão ela iria tomar, eu precisava ler esse livro, e não me arrependi nem um pouco do que eu li (se não leu os outros livros, essa resenha pode ter spoilers).


Em "A sombra do passado" Raven tem a decisão nas suas mãos, sobre o que fazer com a pessoa que mais causou mal para ela e sua irmã durante toda a sua infância. Só que até que ponto ficar, cara-a-cara com ele pode lhe causar algum dano? físico ou emocional? Esse reencontro também pode reabrir novas feridas e causar um desgaste no relacionamento dela com a irmã.

Antes disso tudo, Willian toma uma decisão sobre o que fazer em relação ao nosso querido e amado professor Gabriel, durante a "conversa" dos dois Willian revela algo importante sobre Juliane que deixa tanto Gabriel quanto nó leitores apreensivos. Sylvain não pode nos deixar no escuro sobre o futuro do nosso amado casal não é?!
"O Príncipe torceu o nariz assistindo à interminável união conjugal. Parecia que toda vez que encontrava o casal eles estavam metidos numa conjunção carnal. Ficou batendo o pé, numa bota de couro, no chão do jardim, torcendo para que fossem rápidos."

Nesse livro vemos realmente o quão profundo é o sentimento dos dois, o quanto Willian se torna um romântico incurável, quanto o assunto é sua "Cassita", onde você pode sempre sentir um ar mais descontraído vindo de Raven, principalmente quando ela fala "Você está me deixando com diabetes" se referindo ao quão meloso ele está kkk, confesso que gostei muito ver esse outro lado dos dois.
Você vai realmente conhecer quem é o nosso príncipe, os demônios do seu passado e quais foram os fatores que contribuíram para que ele seja um vampiro diferente dos outros. Não que realmente você descubra nesse livro os porquês desses poderes dele, porem muita coisa fica subtendida, e eu torço muito que sejam explicadas no ultimo livro.  
"Não sou um bom homem. Nem humano eu sou. Mas amo você, e meu amor certamente é eterno."
Fomos apresentados à Cúria, um grupo que foi responsável pela maldição jogadas nos vampiros, onde eles só viveriam por 1.000 anos, e como nem tudo são flores não é meu bem, esse grupo acaba intimamente ligado a Raven, não vou falar por conta de quem porque né! Aí já vai ser spoiler de mais kkk.

Como isso se torna cada vez mais difícil a missão do nosso querido príncipe proteger a sua amada e o seu principado. Quem também está bem presente nesse livro mesmo sendo apenas citado, porem deixando muito bem claro o papel principal dele no ultimo livro da série (The Roman), é o príncipe Romano o mais antigo, e por consequência mais poderoso vampiro. Nós vamos descobrir que ele tem uma ligação com Willian que ninguém imagina.

SR nos surpreende com um final de livro que nos deixa aflitos e loucos para descobrir o que nos espera no ultimo livro da série "Noites de Florença"
"- Como seria minha vida sabendo que você está ainda está vivo, mas que não podemos ficar juntos? Pensando todo dia que eles podem caçá-lo e torturá-lo? pensando que podem matar você? prefiro passar o tempo que me resta com você a ficar segura em algum do outro lado do oceano, sofrendo porque perdi metade do meu coração - Ela apertou o bíceps dele com força. - Você é minha outra metade, Willian. Por favor, não me mande embora."