10 julho 2016

[Resenha]: Talvez um dia - Colleen Hoover






"E seu eu não posso ser seu agora /Eu vou esperar nesse chão/Até você vir/Até você me levar para longe/Talvez um dia/Talvez um dia/Eu tento ignorar o que você diz/Você se vira pra mim, e eu me viro pra longe/Mas o cupido deve ter me acertado duas vezes/Verdades são escritas, nunca ditas"





Título: Talvez um dia (Maybe Someday)
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano de publicação: 2016
Idioma: Português
Número de páginas: 368

Sinopse: Um dos livros mais comentados de 2015, nos Estados Unidos, este é mais um sucesso arrebatador de Colleen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless. Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.

       Resenha

Oi gente! Eu meio que não sei por onde começar essa resenha, "Talvez um Dia" é seguramente o meu livro preferido da Colleen Hoover. Para quem está acostumada com a histórias cheias de drama e muito romance que só a Colleen consegue fazer, esse livro vai te dar isso e muito mais.

Você vai conhecer a Sydney uma garota de 22 anos muito bem resolvida e independente, que divide um apartamento com a melhor amiga e tem um namorado de muitos anos. Todos os dias ela ia a sua varanda no mesmo horário, ficava escutando o seu vizinho da frente tocar musicas, 

Com o passar dos dias eles começam a se comunicar por mensagens. O nosso querido vizinho se chama Ridge, ele é músico e compositor ( só a palavra músico os nossos olhos brilham não é) que está passando por um bloquei criativo e acaba se vendo precisando da ajuda de Sydney para compor as letras para as suas melodias.

Sidney descobre que seu namorado tem um caso de anos com a sua melhor amiga , em meio a toda essa descoberta ela sai de casa e fica sem para onde ir, tendo que ficar na casa do belo vizinho. A amizade dos dois floresce e um sentimento novo também, porém existe algo ou alguém que impede que esse sentimento siga em frente e eles tenham mais que uma amizade. 

''Eu acho que nunca vi olhos que pudessem realmente falar. Eu não tenho certeza do que quero dizer com isso. Só parece que ele poderia atirar em mim o olhar mais ínfimo com aqueles olhos escuros dele, e eu sei exatamente o que eles precisam que eu faça. Eles estão penetrantes e intenso e oh, meu Deus, eu estou encarando. O canto de sua boca se inclina em um sorriso quando ele passa por mim e vai direto para o sofá.''
Ridge tem uma namorada de anos, mais esse não aquele tipico triangulo amoroso em que vamos odiar quem atrapalha o nosso Ship, a namorada dele é maravilhosa e Sidney sabe disso e você sente a dor tanto dela quanto dele pelo sentimento que está aflorando mesmo sabendo da possibilidade é ínfima de ficarem juntos.

'Talvez eu não seja o herói para ela que eu sempre tentei tanto ser, porque, agora, eu me sinto como se ela nem sequer precisasse de um herói. Pra que precisaria? Ela tem alguém muito mais forte do que eu jamais serei para ela. Ela tem a si mesma.''
O que te realmente conquista nesse livro é porque ele é totalmente musical! A Colleen teve o trabalho de junto com um cantor o Griffin Peterson, escrever cada letra que o Ridge e a Sydney escreveram juntos em todo livro. A editora disponibiliza por meio de um QR-Code a soundtrack no Spotify para você conferir as músicas, a experiencia de é MARAVILHOSA!

Os capítulos são narrados em primeira pessoa intercalando entre Ridge e Sydney, porem a forma como a editora colocou os diálogos foi muito boa, tudo isso devido a um segredo do Ridge, que você descobre logo na página 50, mas é um spoiler muito grande kkk.

Uma história apaixonante de almas gêmeas que se encontraram no momento errado e que querem apenas a possibilidade de talvez um dia poder viver esse grande amor.