07 julho 2016

Especial Mês do Rock: Humberto Gessinger - Pra ser sincero


Oi Gente! Finalmente Julho chegou, trazendo um dos meses mais especiais para quem curte música! é o mês do Rock, nada mais nada menos do homenagear um das lendas do Rock nacional, Humberto Gessinger. Além de cantor e multi-instrumentista é um baita de um escritor! 

Nós vamos conhecer durante esse mês um pouco dos seus livros e curtir as músicas que marcaram milhares de pessoas durante os anos.

       Pra ser sincero - 123 variações sobre o mesmo tema






Em 11 de janeiro de 1985, mesmo dia da abertura da primeira edição do Rock in Rio, Humberto Gessinger subia ao palco do auditório da Faculdade de Arquitetura da UFRGS de cabelo new wave e bombacha, para o primeiro show de uma banda que tinha nascido para durar uma noite só. Era para ter se chamado Frumelo & Os Sete Belos, mas ninguém gostou, então os integrantes da banda resolveram fazer uma brincadeira com os estudantes de Engenharia e os surfistas que frequentavam o bar da universidade, que estava a pelo menos 100 quilômetros do mar. Engenheiros do Hawaii.
Vinte e cinco anos depois dessa estreia, Humberto Gessinger – que acompanhou todas as formações desde o primeiro show – lança neste livro seu olhar sobre a trajetória do grupo, sobre cada uma das composições e revela curiosidades e bastidores das gravações. Com fotografias inéditas, informações sobre cada um dos discos, letras comentadas e um diário de 1984 a 2009, Pra Ser Sincero é um livro sobre uma banda que era para ter durado uma noite só, mas que acabou escrevendo um capítulo da história do rock brasileiro, mesmo estando longe demais das capitais. 
"(ao som das baquetas contando o início da canção: 1... 2... 3...)"

 Em Pra ser Sincero não vemos só uma biografia, e sim livro de história muito bem narrado em primeira pessoa! O HG teve todo trabalho de não deixar nada faltar, o que me surpreende muito. Você não conhece só a história dos Engenheiros do Hawaii e do Humberto Gessinger, você conhece também a evolução do rock nacional, que é muito bonita de se ver.

Ele consegue intercalar os acontecimentos do passado dele e da banda, com trechos das músicas dele. Tudo se encaixa perfeitamente bem. No meio disso tudo conhecemos fotos de bastidores de shows, gravações e fotos da infância do cantor.
"enfermeiras em filmes de guerra/violinos nas canções de amor."
Algumas capas de revistas da época

HG e um dos seus memoráveis cortes de cabelo
No final do livro ele nos dá de presente 123 músicas entre elas dos Engenheiros do Hawaii, Humberto Gessinger Trio e Pouca Vogal. Algumas que não foram nem gravadas. Fora as histórias mais marcantes de quando algumas foram escritas.


Bom gente! Não é nem uma resenha kkk é meio que um release de todo o livro! Espero que tenham gostado, qualquer coisa comentem aqui em baixo. Logo logo tem mais! Agora vou deixar vocês com uma das minhas músicas preferidas dele! ;)

A se você quiser comprar esse livro, é só clicar aqui! bjs