05 junho 2016

[Resenha] O Cisne e o Chacal - J.A. Redmerski

"O que você vai ler em seguida não é um romance. Não é uma história de amor convencional. Não é literatura erótica. Não é um título do gênero New Adult. Assim como com todos os livros desta série ... Pode ser definida como Crime, Suspense, Thriller, Mistério ..."
J.A Redmerski

Livro físico: 248 páginas
Editora: Suma de Letras (22 de abril de 2016)
Idioma: Português
Sinopse: Fredrik Gustavsson nunca considerou a possibilidade do amor, ou que algum dia alguém pudesse entender ou aceitar seu estilo de vida sombrio e sangrento… até que ele conheceu Seraphina, uma mulher tão cruel e sedenta por sangue como o próprio Fredrik. Eles passaram dois curtos, mas inesquecíveis anos juntos, cheios de luxúria, morte e do tipo de amor mais obscuro que duas pessoas podem compartilhar.E então Seraphina não estava mais lá.Já se passaram seis anos desde que a amante e parceira de crime sádica de Fredrik virou o mundo dele de cabeça para baixo. Seraphina escondeu-se e o iludiu desde então. Agora, ele está cada vez mais perto de encontrá-la, e uma mulher inocente chamada Cassia é a chave para tirar Seraphina das sombras. Mas Cassia, depois de sofrer ferimentos em um incêndio que Seraphina deu início, sofre de amnésia e não pode dar a Fredrik a informação que ele procura desesperadamente. Não tendo outra escolha, Fredrik vem mantendo Cassia trancada em seu porão, não apenas tentando fazê-la recordar de seu passado, uma vez que ela e Seraphina o compartilham, mas também para protegê-la de Seraphina, que claramente quer vê-la morta.Mas Cassia é uma luz na escuridão que Fredrik nunca acreditou que existisse. Depois de um ano submetido a sua bondade e compaixão, ele se vê lutando com o seu amor por Seraphina, e seus crescentes sentimentos por Cassia, porque ele sabe que para amar uma, a outra deve morrer.Irá a luz prevalecer sobre as trevas, ou algo mais poderoso do que ambos irá destruir ainda mais uma alma já torturada?

     Resenha

“Sim, eu sou um monstro”


Nunca me senti tão chocada ou maravilhada com uma história quanto em "O Cisne e o Chacal". Desde que terminei de ler "O Retorno de Izabel", estava meio que desesperada para saber um pouco mais sobre o Fredrik, não me arrependi nem um pouco!

Fredrik Gustavsson, um assassino profissional, conhecido como "O Chacal" ou "O Especialista", sua especialidade é a tortura e interrogatório, conhecido por ser frio e sanguinário, nenhum dos seus torturados deixou de contar a verdade a não ser Seraphina ( sua mulher). Ele faz parte da nova Ordem formada por Victor Faust ao lado de Izabel.
 “ – Ouvi falar do seu passado. – Ele toma mais um gole do vinho que já estava bebendo desde antes do início do jantar. – Sobre como conseguiu esse apelido. – Ele une as pontas dos dedos de uma das mãos e olha para cima, pensativo. – Como era mesmo? Ah, sim, lembrei. Eles o chamavam de chacalzinho. Garoto carniceiro. Raivoso e imprestável. Vai ser ótimo ver esse cara morrer. ” 
Ele tem uma alma negra e um coração perturbado. Seu passado não foi normal, ele foi torturado, estuprado entre outras coisas. Isso quando ele era só uma criança abandonada ao nascer pela mãe em um banheiro público. Pela primeira vez ele está deixando que seus problemas pessoais interferiram no seu trabalho, e isso é inadmissível até mesmo para ele.



Se existe alguém com a alma mais escura que Fredrik é sua mulher Seraphina, que acaba tornando um grande problema na vida dele. Uma mulher com coração e alma escuros, talvez a única pessoa que entenda Fredrik mais que qualquer um e sabe de mais coisas que qualquer um sobre ele. Sua alma gêmea em perversidade e luxuria e que misteriosamente sumiu de sua vida há seis anos, deixando para trás o rastro de três garotas loiras inocentes mortas. Ele continua a vida normalmente mas sempre procurando Seraphina. Até que ele acha um rastro dela e vai atrás. É quando encontra Cássia.
“Cassia é o meu castigo. Eu sei que é. Por todas as coisas horríveis que fiz a tanta gente durante todos esses anos, sei desde o ano passado que ela deve ter sido enviada como meu castigo. E minha perdição. Preferiria, sem dúvida, estar amarrado à minha cadeira. ” 
A pesar de ter tido um spoiler grandioso desse livro, J.A. Redmerski conseguiu me surpreender muito com o final e me deixar chocada! Se você está acostumado com ela escrevendo romance e drama, vai ficar muito surpreso com ela especialmente nesse livro. J.A mostra que essa série é muito diferente de "Entre o agora e o nunca", mais especialmente nesse livro mostrou que é uma das melhoras autoras que eu já li, chega a dar um certo orgulhinho dela por poder escrever gêneros totalmente diferentes um do outro, muito bem.

A série até agora tem 6 livros, com cinco publicados nos EUA e só três no Brasil, sem previsão para a publicação dos novos livros, mas já estamos aqui torcendo!

“Meu lindo cisne. Minha salvadora, minha perdição. "