21 novembro 2015

Resenha: Pausa - Colleen Hoover


Olá pessoal! Como vocês sabem, hoje é dia de resenha, e lá vou eu mais uma vez falar sobre um livro da Colleen Hoover. O que posso fazer se a mulher escreve livros simplesmente incríveis e eu mal consigo segurar minha vontade de compartilhar o meu ponto de vista com vocês? (kkk)

Então é isso, espero que curtam!



Título: Pausa (slammed 2)
Autor: Colleen Roover
Editora: GaleraAno: 2013
Páginas: 301

Sinopse: O amor pode não ser o bastante. Depois de testado por tragédias, proibições e desencontros, o relacionamento de Layken e Will enfrenta novos desafios. Talvez a poesia desse casal acabe num verão solitário… Sem direito a rimas ou ritmo. A ex-namorada de Will retorna arrependida de ter deixado o rapaz. E está disposta a tudo para reconquistá-lo. Insegura, Layken começa a ler novas reações no comportamento do rapaz. E na insistência para adiar a “primeira vez” de ambos.Presos em uma ironia cruel do destino, eles precisam descobrir se o que sentem é verdadeiro ou fruto da extraordinária situação que os uniu. Será que é amor? Ou apenas compaixão? Layken passa a questionar a base de seu relacionamento com Will. E ele precisa provar seu amor para uma garota que parece não conseguir parar de “esculpir abóboras”. Mas quando tudo parece resolvido, o casal se depara com um desafio ainda maior – e que talvez mude não só suas vidas, mas também as vidas de todos que dependem deles.

Desejo, traição e superação Destinados um ao outro, Layken eWill superaram os obstáculos queameaçavam seu amor.Mas estão prestesa aprender que aquilo que os uniupode se transformar, justamente, narazão de sua separação...

Resenha: O livro, segundo da série Slammed, dá sequência a historia de Will e Lake, mas, ao contrário de Métrica, Pausa é narrado pelo ponto de vista de Will, o que nos dá uma grande visão sobre seus pensamentos e sentimentos sobre sua relação com Lake .

Este livro mostra grande progressão dos personagens e como eles lidam com as dificuldades que a vida tem jogado em ambos; Cada um dos personagens secundários é incrível! Gavin e Eddie estão enfrentando uma grande decisão própria, Kel, Caulder, Kiersten e sua mãe Sherry são verdadeiramente surpreendentes e tão favoráveis, o diálogo de Kiersten me fez rir em inúmeras ocasiões - Eu adorava todos eles e acho que suas interações e do amor que eles compartilham um para o outro é o que realmente nos mantém entretidos. 

A cada inicio de capitulo, vemos um pouco dos pensamentos de Will, como uma espécie de diário, o que de certa forma é incrível, pois enxergamos um lado dele que ficou de fora em Métrica, o que me deixou mais apaixonada por ele do que já era...
"Se eu fosse um carpinteiro , eu construiria para você uma janela para minha alma.Mas eu deixaria a janela fechada e trancada, assim, toda vez que você tentasse olhar por ela... tudo o que veria seria seu próprio reflexo.Você veria minha almaé um reflexo de você..."
"Naquela noite, eu quis que Lake soubesse como era minha vida. Queria que ela soubesse sobre meus pais, sobre Caulder, sobre minha paixão. Eu precisava que ela me conhecesse de verdade, que compreendesse quem eu era antes de prosseguirmos..."
Lake e Wil caíram em um ritmo de aulas da faculdade, cuidar de seus irmãos menores, e vendo uns aos outros. A vida até que vai bem para os dois, sobre como fazer as coisas funcionarem com as novas responsabilidades de Lake, que teve que se tornar mãe ao perder sua mãe, a faculdade e ter tempo para Will , os dois meio que se "perdem" um do outro, e quando está tudo acertado para eles terem uma noite juntos e finalmente rolar a tão esperada primeira vez, o passado de Will ressurge, e se você aposta que é uma ex namorada, está totalmente certo, odiei a Vaughn com todas as minhas forças, sabe aquele tipo de personagem que só aparece para ferrar com tudo e fazer uma bela de uma cagada? (sim eu disse cagada, não se ofenda!) pois então é ela,e não posso deixar de mencionar o Reece, melhor amigo de Will da época do colégio que se mostrou um completo idiota.(Não vou falar mais porque detesto soltar spoiler, mas acreditem em mim, esses dois personagens não prestam, leiam o livro e vocês vão descobrir.) 

Com o retorno de Vaughn, Lake começa a questionar se Wil a ama por causa de suas circunstâncias semelhantes ou se ele realmente a ama por si mesma. E é nesse ponto do livro que tem um dos poemas mais lindos escrito por Will para mostrar a Lake como se sente, e como ele é um pouco grande, vou deixar meu trecho favorito pra vocês:
"...Amo você por causa de você.Por causa detodas asmínimascoisasque você é ..." 
Com essa questão resolvida, Lake e Will pensam que vão poder finalmente, viver suas vidas juntos e felizes com sua família e amigos, mas não podemos esquecer que esse é um livro da Colleen Hoover, e não é um livro dela se não for carregado de drama né?! Não vou contar pra vocês, mas, se ficaram curiosos leiam gente, vale muito a pena, só adianto que algo de ruim acontece à Lake.
"Aprendi uma coisa sobre meu coração......A única coisa capaz de fazê-lo voltar a bater?O instante em que você abriu os olhos."
Enfim pessoal é isso, espero que tenham gostado da resenha de hoje que tenham amado esse livro tanto quanto eu.
"-Estou dizendo que você vai se casar comigo, Lake... pois não consigo viver sem você."







Você também pode conferir:
Resenha: O lado feio do amor - Colleen Hoover
Autora do Mês: Colleen Hoover
Colleen Bienal do Rio 2015
Resenha: Métrica - Colleen Hoover